Espetáculo de arte comunitária junta várias nacionalidades no concelho de Odemira

O espetáculo de arte comunitária «AL TEO BÚ» vai juntar «dezenas de cidadãos portugueses e estrangeiros», no Largo do Quintalão, […]

PrintO espetáculo de arte comunitária «AL TEO BÚ» vai juntar «dezenas de cidadãos portugueses e estrangeiros», no Largo do Quintalão, em São Teotónio no dia 12 de Novembro, às 18h30, e na Praia do Almograve, no dia 13 de Novembro, às 16h00.

Este espetáculo de Madalena Victorino e Pedro Salvador terá dança, teatro e música e conta «a história de um povo singular feito de pessoas de muitas origens e de todas as idades. Desceram das montanhas do mundo porque não se sentiam felizes. Foram-se juntando aos poucos enquanto caminhavam, enquanto procuravam», diz a Câmara de Odemira.

«Um grupo cauteloso cheio de crianças, de adultos e de idosos chega assim de surpresa a S. Teotónio numa tarde de inverno e dirige-se depois no dia seguinte ao Almograve na procura de uma terra boa cheia de mar, de serra, de um lugar onde caiba, onde possa ser feliz», acrescenta.

Assim, portugueses, nepaleses, paquistaneses, indianos, búlgaros, espanhóis e italianos juntam-se «numa celebração impossível». Ambos os espetáculos terão a duração aproximada de 2 horas e 30 minutos.

Esta é uma iniciativa promovida pelo Município, inserida nas comemorações dos Dias da Interculturalidade, no âmbito do Odemira Integra – Plano Municipal para a Integração de Imigrantes.

 

«AL TEO BÚ» é uma produção do Largo Residências e conta com os apoios da Junta de Freguesia da Longueira/Almograve, Junta de Freguesia de S. Teotónio, Espaço ST/TAIPA, Vitacress, Recheio, Bike Pop, Wild Wood, Teatro Meridional, Cosa Nostra, Associação Cultural, Recreativa e Desportiva da Longueira, Lar de São Teotónio/Associação dos Reformados e Pensionistas Idosos da Freguesia de São Teotónio e Associação de Pescadores da Longueira.

Comentários

pub
pub