Jogos Paralímpicos: Portugal luta hoje pela medalha de bronze em boccia

A equipa portuguesa BC1-BC2 de boccia, composta por Abílio Valente, António Marques, Cristina Gonçalves e Fernando Ferreira, vai hoje lutar […]

11092016 - Equipa Boccia BC1/BC2. IMAGEM - ©2016 Carlos Alberto Matos / IMAPRESS / CPP
Equipa Boccia BC1/BC2.
©2016 Carlos Alberto Matos / IMAPRESS / CPP

A equipa portuguesa BC1-BC2 de boccia, composta por Abílio Valente, António Marques, Cristina Gonçalves e Fernando Ferreira, vai hoje lutar pela medalha de bronze da modalidade, com a Argentina, nos Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro.

Ontem, a formação de Portugal conseguiu ultrapassar a equipa do Brasil, nos quartos de final, por 5-6, não conseguindo depois impor-se ao Japão, saindo derrotada por 8-5. No entanto, a equipa portuguesa tem acesso ao jogo que dará o bronze e que se disputa esta segunda-feira.

Quanto aos pares BC3 e BC4, não conseguiram ser superiores aos adversários deste domingo, ficando assim impedidos de passar às fases seguintes da competição. O Par BC3 foi travado no último jogo pela Grécia, com 5-2, enquanto o Par BC4 perdeu por 8-4, com a Eslováquia.

Pouca sorte teve também o tiro, com a participação de Adelino Rocha na prova de pistola a 25 metros. Na fase inicial da prova, na vertente Precision, não foi além do 30º lugar e um problema com a arma na vertente Rapid impediu-o de melhorar o seu resultado no global da competição.

Quanto ao atletismo, foi dia de finais para Lenine Cunha, Carolina Duarte e Graça Fernandes, enquanto Nuno Alves foi às eliminatórias dos 1500 metros T11. O atleta, que já tinha competido nos 5000 metros, não foi além do 10º lugar na geral, com o tempo de 4:36.32 minutos, insuficiente para chegar à final.

Lenine Cunha, que saltava na final do salto em comprimento T20, fez o seu melhor salto da época a 6.84 metros, que lhe valeu o 6º lugar, a 15 cm das medalhas.

Igual classificação teve Carolina Duarte, na final dos 100 metros T13. Depois de, nas eliminatórias, a portuguesa ter batido o recorde nacional, hoje voltou a baixar o seu próprio tempo para 12.48 segundos, terminando a corrida em 6º lugar.

A fechar o dia, Graça Fernandes na final do salto em comprimento T38, abriu com 4.04 metros, não conseguindo melhorar ao longo do concurso, terminando assim em 11º lugar da geral.

Para esta segunda-feira, as atenções centram-se no jogo da equipa BC1-BC2 que vai disputar a medalha de bronze.

 

Confira o calendário de participação portuguesa para 12 de Setembro:

10h00 (14h00 em Lisboa) – Atletismo – Mário Trindade – Eliminatórias 400 metros T52
10h58 814h58 em Lisboa) – Natação – David Grachat – Eliminatórias 100 metros livres S9
12h05 (16h05 em Lisboa) – Natação – Simone Fragoso – Eliminatórias 50 metros livres S5
12h20 (16h20 em Lisboa) – Boccia – Equipa BC1-BC2 – Combate para medalha de Bronze vs Argentina
16h10 (20h10 em Lisboa) – Equitação – Ana Mota Veiga – Team Test Grau Ia
17h56 (21h56 em Lisboa) – Atletismo – Carina Paim – Eliminatórias 400 metros T20

 

Comentários

pub
pub