Incendiário detido em flagrante pela GNR foi entregue à Polícia Judiciária

O homem que foi detido por militares da GNR na altura em que ateava um fogo na zona do Alto […]

DX3A7438 (Custom)O homem que foi detido por militares da GNR na altura em que ateava um fogo na zona do Alto da Fóia, em Monchique, já foi entregue à Polícia Judiciária, que irá investigar o crime e apurar eventuais responsabilidades do incendiário nos outros fogos que deflagraram ao longo da tarde de ontem, sábado, na Serra de Monchique, um dos quais ainda ativo e a ser combatido por muitos homens.

Segundo a GNR, «a ocorrência de diversos focos de incêndio durante o dia de ontem, em especial nos concelhos de Portimão e Monchique, levou a um reforço das ações de patrulhamento florestal por parte dos militares da GNR, que teve nesta detenção o seu principal resultado».

Uma patrulha da GNR surpreendeu o homem de 49 anos «no preciso momento em que ateava um incêndio em zona isolada da Serra de Monchique». Além de o deter, na hora, apagaram logo este foco de incêndio.

Comentários

pub
pub