Já é possível saber se “Há UV na Praia” da Rocha e na Praia do Vau

Desde 1 de Agosto que é possível saber se “Há UV na Praia” da Rocha e na Praia do Vau. […]

Lançamento Há UV na Praia 7 Desde 1 de Agosto que é possível saber se “Há UV na Praia” da Rocha e na Praia do Vau. O projeto foi desenvolvido no seio do Agrupamento de Escolas Manuel Teixeira Gomes, em Portimão, utilizando os dados recolhidos pela estação meteorológica aí instalada.

Ao longo do dia, através de bandeiras de sinalização com cores próprias e de uma aplicação para smartphone, o projeto alerta para a perigosidade da radiação ultravioleta, bem como indica os comportamentos adequados a cada nível do iUV.

Junto de cada concessionário/praia aderente está afixado um placard explicativo das diferentes cores das bandeiras, dos comportamentos adequados a cada cor, bem como um código QR que permite descarregar a aplicação para Android, que fornece aos utilizadores notificações da variação do iUV.

A inauguração do projeto “Há UV na Praia”, no dia 1 de Agosto, contou com a presença de representantes das várias entidades envolvidas na iniciativa, nomeadamente a vereadora da Cultura e Desporto de Portimão Ana Fazenda, o Patrão-mor da Polícia Marítima, Adérito Pereira, o presidente da Junta de Freguesia de Portimão, Álvaro Bila, a representante da direção do AEMTG Conceição Barros, a representante do grupo HPA Lara Chêta, o representante do Rotary Club da Praia da Rocha Hugo Pinto, para além dos docentes envolvidos no projeto, dos concessionários aderentes e dos nadadores salvadores que, além de atualizarem a bandeira, vão prestar esclarecimentos aos banhistas.Lançamento Há UV na Praia 3

O projeto vai estar em funcionamento até ao fim da época balnear de 2016 e, no final, será feita uma avaliação, que envolverá os alunos do AEMTG. «Gostaríamos muito de, futuramente, estender este projeto que, segundo cremos, é pedagógico e de grande utilidade pública a outras praias, mas isso depende de patrocínios e implica o estabelecimento de novas parcerias. Somos professores da Escola Pública, que se vê a braços com cortes sucessivos no financiamento. Foi muito difícil lançar este projeto, envolveu muito trabalho, e só foi possível hastear estas bandeiras com um grande espírito de equipa», diz Elsa Condeço, professora de Geografia do AEMTG.

A equipa do projeto é constituída pelos docentes de Geografia do AEMTG (Francisco Pereira – coordenador; Isabel Pereira; Isabel Baptista; Elsa Condeço; Ana Vicente e Catarina Pimenta), pelo professor de Informática Mário Nogueira, do AEMTG, e pelo professor de Artes Visuais Pedro Cabo, atualmente docente na ESPAMOL, em Lagoa.

Comentários

pub
pub