Caracóis com chouriço e copito de vinho valem Grande Prémio da Feira Concurso Arte Doce

Um prato de caracóis com chouriço, acompanhados de pão caseiro e um copito de vinho valeu a Lucília Baptista o […]

1º Premio_Tema Livre_4Um prato de caracóis com chouriço, acompanhados de pão caseiro e um copito de vinho valeu a Lucília Baptista o Grande Prémio na Feira Concurso Arte Doce, que decorreu em Lagos, no fim de semana. É que aquele petisco algarvio, bem como a toalha, os guardanapos e até os picos de pita para tirar os caracóis, tudo isso era feito em doce fino de amêndoa.

Mas pelo concurso passaram muitas outras criações, desde o Farol de S. Vicente, à Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe, o Infante D. Henrique, uma caravela, a Fortaleza Ponta da Bandeira (o tema obrigatório era «Lugares de Globalização»), bem como cestos de flores, pratos com sardinha assada…e até o Pikachu ou mesmo um protesto contra a exploração de petróleo no Algarve…tudo em doce fino.

Os prémios para as melhores doceiras a concurso, divididos entre tema obrigatório e tema livre, foram entregues no domingo, último dia do certame (ver a lista dos prémios abaixo).

Logo depois, foram também conhecidos os trabalhos vencedores do Concurso de Poesia “Avós e Netos”, promovido pela Câmara de Lagos. Prestar homenagem, valorizando a figura dos avós e a sua importância nas famílias, e ser uma forma dos netos poderem demonstrar o carinho e apreço em relação aos seus avós foram os grandes objetivos deste concurso.

A 24ª edição da Feira Concurso Arte Doce, que decorreu no último fim de semana de Julho no Complexo Desportivo Municipal, levou ao certame mais doce do Algarve milhares de visitantes.

A cerimónia de inauguração e abertura da Feira, que decorreu na tarde de dia 29, contou com a presença da residente da Câmara Maria Joaquina Matos, que deu as boas vindas a todas as entidades convidadas e ao público presente, aos expositores que integraram a feira e, em particular, às doceiras que uma vez mais responderam ao desafio “continuando a preservar e a promover esta arte ancestral”.

Joaquina Matos aproveitou para deixar um agradecimento público especial a todas as entidades patrocinadoras que ajudaram a tornar possível este evento. A autarca terminou reforçando a relevância deste certame “que há 29 anos faz parte do nosso calendário de animação na época do verão” e com o qual se pretende continuar “a promover a doçaria tradicional”.

A feira contou com dezenas de bancas ocupadas com doçaria, artesanato, algumas com licores, tasquinhas e, à semelhança de anos anteriores, diversas bancas de entidades locais (IPSS e associações), perfazendo um total de 72 participações, provenientes de várias localidades do Algarve e não só: Lagos, Caldas da Rainha, Silves, Parchal, Mexilhoeira Grande, Loulé, Portimão e Odivelas.

No que diz respeito ao programa, a animação no recinto, os showcookings e o cocktail showcase, para além de um cartaz musical de referência, «confirmou-se como um verdadeiro sucesso, tendo a adesão do público à Arte Doce voltado a superar as expectativas, com a presença de muitos milhares de visitantes nos três dias», não só para visitar a feira, como para assistir aos concertos.

PREMIADOS ARTE DOCE 2016

♦ CONCURSO ARTE DOCE
Grande Prémio*: Lucília Baptista
(*melhor conjunto de trabalhos apresentados nas categorias tema livre e tema obrigatório)

Tema Obrigatório
1º lugar: Cantinho Doce da Fernanda
2º lugar: Miminhos da Lucinda
3º lugar: Jorge Sequeira

Tema Livre
1º lugar: Lucília Baptista
2º lugar: Pastelaria Doce e Arte
3º lugar: Pastelaria Ana Maria

♦ CONCURSO QUALIDADE na TRADIÇÃO
Melhor Doce Fino: Nélia Figueiras e Glória Furtado
Melhor Doce de Figo: Ana Maria Santos
Melhor Morgado: Graça Carvalho
Melhor D. Rodrigo: Pastelaria Doce e Arte

♦ PRÉMIO “ESCOLHA do PÚBLICO”
Tema Obrigatório: Cantinho Doce da Fernanda
Tema Livre: Lucília Baptista

VENCEDORES do CONCURSO de POESIA “AVÓS e NETOS”

1ºs Classificados
Categoria Avós: José Francisco Rodrigues (61 anos) / Poema “A Lei da Vida”
Categoria Netos: Alexandra Sofia Pinheiro Nascimento (13 anos) / Poema “Memórias de Infância”

2ºs Classificados
Categoria Avós: Arsénio Joaquim Duarte (96 anos) / Poema “Meus Queridos Netos”
Categoria Netos: Laura Duarte Moreira Glória (11 anos) / Poema sem título

3ºs Classificados
Categoria Avós: José Correia Nunes Dinis (67 anos) / Poema sem título
Categoria Netos: Ana Maria Correia Martins (13 anos) / Poema “Amor de Avó e Neta”

Comentários

pub