Rodrigo Leão reencontra Ana Vieira no «momento especial» do seu concerto em Tavira

O concerto de Rodrigo Leão, no sábado, às 22h00, no Parque do Palácio da Galeria, em Tavira, vai ser «um […]

Rodrigo LeãoO concerto de Rodrigo Leão, no sábado, às 22h00, no Parque do Palácio da Galeria, em Tavira, vai ser «um momento especial». O músico e compositor promete uma viagem pela sua carreira e pelas sonoridades que influenciam a sua música, do pop ao tango.
Rodrigo Leão anteviu, em declarações ao Sul Informação, o seu espetáculo no “Verão em Tavira“, revelando que este «será um concerto onde vamos apresentar aquilo que temos vindo a fazer ao longo do ano na tournée. É um espetáculo mais baseado no meu último trabalho “A Vida Secreta das Máquinas”, que foi gravado com a orquestra e coro da Gulbenkian, mas aqui adaptado para quarteto de cordas».

No entanto, Rodrigo Leão diz que também haverá repertório «de discos mais antigos e também mais conhecidos. Estará presente um pouco das várias influências que tenho tido no meu percurso, como o tango, a música clássica, ou o pop. No fundo, será uma viagem àquilo que tenho feito ao longo dos últimos vinte e tal anos».

Nesta viagem, Rodrigo Leão vai ter a companhia de Ana Vieira, que, passados cerca de três anos desde que deixou de cantar na banda do compositor, regressa como voz convidada para este concerto. «Será, por isso, um momento especial. É uma cantora que admiramos muito, com uma voz fantástica», considera Rodrigo Leão.

O músico levantou também a ponta do véu sobre o início do seu espetáculo: «o concerto abre com “Florestas Submersas”, que foi escrito para a exposição com o mesmo nome que ainda está patente no Oceanário de Lisboa, da autoria de Takashi Amano, que infelizmente já nos deixou, mas que tive o prazer de conhecer, no ano passado, na inauguração dessa exposição».

A presença de Rodrigo Leão em Tavira não é uma estreia, antes pelo contrário, por isso o músico assume que tocar na cidade algarvia é um pouco como «tocar em casa».

«Tavira é muito especial para mim. Sempre que posso, gosto de ir a Tavira, por dois ou três dias. Gosto de ir a Santa Luzia, comer um polvo, e ir de barco para essas praias fantásticas», revela.

«Espero que as pessoas gostem e que nós consigamos sentir o bem estar de tocar e partilhá-lo com o público», conclui Rodrigo Leão.

Os bilhetes, no valor de 15 euros, podem ser adquiridos na receção da Câmara Municipal, no stand promocional do Verão em Tavira (Praça da República) e em www.bol.pt.

Comentários

pub
pub