Old Jerusalem encerra “Concertos ao Entardecer” na Fortaleza de Sagres

A Fortaleza de Sagres vai receber o último dos “Concertos ao Entardecer” no dia 24 de Julho, às 18h00. Old […]

A Fortaleza de Sagres vai receber o último dos “Concertos ao Entardecer” no dia 24 de Julho, às 18h00. Old Jerusalem é o projeto que encerra, em 2016, este ciclo.

Old Jerusalem, um projeto do músico/autor/intérprete Francisco Silva, vai apresentar em concerto o seu último trabalho “A rose is a rose is a rose”. Este trabalho é, segundo a Direção Regional de Cultura, «um lugar de paisagens íntimas, tranquilas, de subtil introspeção, revelador de uma coesão estética e sonora, onde as matrizes continuam a ser as do folk americano».

Em “A rose is a rose is a rose”, Old Jerusalem retoma a colaboração de outros músicos, entre eles, Filipe Melo, responsável pelo piano e arranjos de cordas do álbum e um «verdadeiro cúmplice na delineação do rumo estético do trabalho, a que se juntaram as colaborações habituais e as de novos músicos, vozes e técnicos», acrescenta o organismo.

Old Jerusalem iniciou atividade em meados de 2001, lançando o seu álbum de estreia “April” em 2013. Desde então tem mantido um nível de atividade regular, entre concertos, edição de novos registos e colaborações com outros artistas, não só como músico/intérprete (The Unplayable Sofa Guitar, Green Machine, The Neon Road, entre outros), mas também como autor, tendo desenvolvido a este título trabalho com artistas tão diversos quanto Carlos Bica, Bernardo Sassetti, Alla Polacca, Mandrágora ou Kubik.

“Concertos ao Entardecer” é um projeto da ArQuente Associação Cultural prolongado à Fortaleza de Sagres no ciclo “Música no DiVaM” do programa DiVaM- Dinamização e Valorização dos Monumentos, promovido pela Direção Regional de Cultura.

Comentários

pub
pub