Oficial de justiça da comarca de Faro detido por corrupção passiva

Um oficial de justiça da comarca de Faro foi detido hoje pelo crime de corrupção passiva. No âmbito do mesmo inquérito […]

Tribunal de FaroUm oficial de justiça da comarca de Faro foi detido hoje pelo crime de corrupção passiva. No âmbito do mesmo inquérito do Ministério Público de Faro foram detidos mais três homens de um grupo organizado que praticava crimes financeiros.

Segundo revela o Ministério Público, entre os restantes detidos encontra-se um empresário, suspeito de corrupção, associação criminosa, burla, falsificação de documentos e branqueamento de capitais.

As autoridades suspeitam que «o funcionário judicial, em colaboração com o referido empresário, tenha fornecido a interessados informações privilegiadas, a que tinha acesso pelas suas funções, sobre propostas de aquisição de imóveis feitas em processos de execução que corriam termos no tribunal, cobrando por cada informação quantias de cerca de 2000 euros».

Sobre o empresário, segundo o Ministério Público «recaem também suspeitas de este ser o líder de um grupo de que fazem parte os dois outros indivíduos detidos, que utilizava um esquema fraudulento de alguma complexidade para aquisição de veículos através de créditos obtidos em bancos e instituições financeiras, com falsificação de documentos».

A investigação foi levada a cabo pela Diretoria de Faro da PJ. Os detidos vão ser apresentados na secção de instrução criminal de Faro, para interrogatório judicial e aplicação de medidas de coação.

Comentários

pub
pub