Médicos da Andaluzia vão dar uma ajuda às unidades de saúde do Algarve

Médicos andaluzes podem vir a dar “uma perninha” no Serviço Nacional de Saúde, no Algarve, no âmbito de uma parceria  […]

Protocolo ARS com AndaluziaMédicos andaluzes podem vir a dar “uma perninha” no Serviço Nacional de Saúde, no Algarve, no âmbito de uma parceria  entre a Administração Regional de Saúde do Algarve, o Servicio Andaluz de Salud e a Asistencia Sanitaria y Resultados en Salud, formalizada esta quinta-feira.

Esta colaboração foi acordada numa reunião que decorreu em Sevilha e um dos seus principais objetivos é «reforçar o intercâmbio na prestação de cuidados de saúde e partilha de recursos humanos da área médica entre as unidades de saúde das duas regiões vizinhas», segundo a ARS do Algarve.

A parceria também contempla o aprofundamento da colaboração entre as duas regiões ibéricas ao nível da formação e investigação.

A ARS do Algarve tem vindo a desenvolver esforços para amenizar os problemas de falta de recursos humanos nas unidades de saúde do Algarve, situação há muito identificada e que é transversalmente apontada como o principal problema do SNS, no Algarve.

Em Março, o ministro da Saúde Adalberto Campos Fernandes apontou a data de 31 de Maio como o limite para a resolução dos principais problemas da Saúde, na região. A ARS algarvia foi a entidade que ficou com a responsabilidade de encontrar soluções, tendo tomado diversas medidas, desde a abertura de concursos para admissão de médicos até à reintegração de médicos reformados no SNS.

Ainda assim, para profissionais de saúde e autarcas as medidas tomadas, até final de Maio, não foram suficientes para resolver os problemas existentes.

Comentários

pub
pub