Castores do Arade arrecadam 4 medalhas nos nacionais de esperanças em canoagem

Quatro medalhas, uma de ouro, duas de prata e uma de bronze, foram trazidas para o Algarve pelos atletas mais […]

ComitivaKCCAEsperanças3Quatro medalhas, uma de ouro, duas de prata e uma de bronze, foram trazidas para o Algarve pelos atletas mais jovens do Kayak Clube Castores do Arade, que disputou na 3ª e última etapa do Campeonato nacional de Esperanças de Canoagem, este domingo, em Vila da Ponte, junto ao Rio Távora, no concelho de Sernancelhe.

Além do título de campeões nacionais de K2 Iniciado para a dupla Guilherme Reis e Tomás Vasconcelos, que já havia sido garantido na segunda etapa do campeonato, os resultados de ontem permitiram a Rúben Luís ser vice-campeão em K1 Menor e a Filipe Bucel no K1 Menor e à dupla Iago Bebiano e Tomás Santos, no K2 Cadete, garantir o bronze, depois de feitas as contas finais.

Na etapa de ontem, Inês Luís venceu o ouro em K1 iniciado feminino, a dupla Guilherme Reis e Tomás Vasconcelos arrecadou uma medalha de prata em K2 iniciado masculino, o pequeno Rúben Luís conseguiu o mesmo feito, em K1 menor (9/10 anos), e Iago Bebiano e Tomás Santos ficaram na terceira posição, na prova de K2 cadetes.

Além destas presenças no pódio, houve outros atletas dos Castores do Arade a conseguir boas prestações e a classificar-se no top 10 das respetivas categorias. A nível colectivo os atletas dop clube de Lagoa conseguiram a 10ª posição entre 44 clubes.

A terceira etapa do nacional de Esperanças contou com a participação de 658 atletas e foi organizada pela Federação Portuguesa de Canoagem em parceria com o clube local, o Núcleo Desportivo e Cultural Vila da Ponte com o apoio dos Jogos Santa Casa e do IPDJ – o Instituto Português do Desporto e Juventude. Teve um total de 21 regatas repartidas entre kayaks e canoas.

Comentários

pub
pub