PSD quer levar Centro Hospitalar do Algarve à Comissão Parlamentar de Saúde com «urgência»

O PSD pediu hoje, «com caráter de urgência», a audição do Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Algarve e dos […]

Urgências Hospital de Faro 2016_2O PSD pediu hoje, «com caráter de urgência», a audição do Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Algarve e dos diretores de departamento, na Comissão Parlamentar de Saúde. 

Em carta enviada ao presidente da Comissão Parlamentar de Saúde, a que o Sul Informação teve acesso, o grupo parlamentar social democrata realça que «as dificuldades ao nível da falta de pessoal médico permanecem um sério problema, com consequências no bom funcionamento dos serviços, em especial na urgência, neurocirurgia, ortopedia e anestesia, o que acaba por, naturalmente, se repercutir de forma negativa na própria prestação de cuidados de saúde às populações».

Para os deputados do PSD, nomeadamente para o algarvio Cristóvão Norte, a «situação assume ainda maior gravidade nesta fase do ano em que o país se encontra no início da época balnear, com o consequente aumento da procura de que o CHA é objeto». Os parlamentares consideraram que «a instituição não está de modo nenhum preparada para fazer face às necessidades assistenciais que se avizinham».

O facto de o ministro da Saúde ter assumido publicamente que os problemas do Centro Hospitalar do Algarve estariam resolvidos até final de Maio, o que, salientam os social-democratas, «não se verificou, tendo pelo contrário, segundo altos responsáveis, se deteriorado», é outro dos motivos invocados para levar o Conselho de Administração do CHA à Comissão de Saúde.

Além do Conselho de Administração, presidido por Joaquim Ramalho, o PSD quer que sejam ouvidos na comissão os diretores de departamento Ana Lopes, Carlos Godinho, David Estevens, João Ildefonso, Pedro Leão Neves e Ulisses Brito.

Comentários

pub
pub