Ferrovial vende 49% da sua participação na Via do Infante aos holandeses da DIF

A construtora espanhola Ferrovial, através da sua filial de concessões Cintra, vendeu 49% da sua participação na Via do Infante […]

Via do Infante_07A construtora espanhola Ferrovial, através da sua filial de concessões Cintra, vendeu 49% da sua participação na Via do Infante ao fundo de gestão de infraestruturas holandês DIF, noticia o jornal online Dinheiro Vivo.

A Ferrovial vendeu ainda 51% do capital da autoestrada Norte Litoral (Porto), totalizando os negócio das duas autoestradas 159 milhões de euros.

Segundo noticia a agência EFE, a empresa espanhola manterá, ainda assim, uma participação de 49% na concessão Norte Litoral e de 48% na Via do Infante, bem como a posição de “principal parceiro industrial” em ambas.

O site Dinheiro Vivo acrescenta que a operação “está ainda dependente da aprovação das autoridades portuguesas, das entidades financeiras e dos organismos da concorrência”.

A Ferrovial acrescenta que, após esta operação, a Cintra “permanece atenta às oportunidades deste mercado”, ou seja, não rejeita a possibilidade de vir a alienar a totalidade das suas participações.

Adjudicada à Cintra em 2001, a concessão da autoestrada Norte Litoral termina em 2031, enquanto a

A concessão da Via do Infante à Cintra data do ano 2000 e expira em 2030, enquanto a da autoestrada Norte Litoral, adjudicada em 2001, termina em 2031.

O holandês DIF é um dos principais gestores de fundos de infraestruturas europeus, com 3.000 milhões de euros em fundos sob gestão na Europa, América do Norte e Austrália.

O negócio será realizado através do fundo DIF Infrastructure IV, que conta com 1.150 milhões de euros. A Cintra gere atualmente cerca de 2.000 quilómetros de autoestradas num total de 28 concessões no Canadá, EUA, Europa, Austrália e Colômbia.

Comentários

pub
pub