Saúde: Visitas, inaugurações, queixas, reuniões e boas notícias

A visita que o secretário de Estado da Saúde fez ao Algarve, na passada terça-feira, serviu para Manuel Delgado anunciar […]

Inauguração Unidade Saude Familiar  (52)A visita que o secretário de Estado da Saúde fez ao Algarve, na passada terça-feira, serviu para Manuel Delgado anunciar mais médicos para a região e novos incentivos à contratação de clínicos, mas o governante conheceu no terreno alguns dos problemas com que os serviços de saúde se deparam no dia a dia.

Lagos, Portimão, Algoz, Loulé, São Brás de Alportel e Faro foram os pontos de paragem do membro do Governo. Houve inaugurações, apresentações, reuniões e visitas, num dia atarefado.

A “ronda” do secretário de Estado começou em Lagos, onde foi inaugurada a nova Unidade de Saúde Familiar, que vai cobrir 10 mil habitantes sem médico de família. A USF de Lagos tem 6 médicos, 6 enfermeiros e 5 assistentes técnicos.

Na inauguração tanto o presidente do Conselho Diretivo da ARS Algarve, como a presidente da Câmara Municipal de Lagos, Joaquina Matos, se congratularam com a abertura de mais uma Unidade de Saúde Familiar no Algarve, a primeira em Lagos.

Para a autarca este foi «um dia importante na vida do município, porque estamos a melhor servir a população, disponibilizando mais condições de saúde aos lacobrigenses, que durante anos se têm debatido com diversas dificuldades nesta área».

Joaquina Matos aproveitou a ocasião para solicitar ao Secretário de Estado «toda a atenção e apoio do Estado Português ao Hospital de Lagos» defendendo que «embora exista um bom hospital privado em Lagos, é fundamental podermos reforçar a componente pública».

Já o Secretário de Estado da Saúde considerou a abertura desta nova Unidade «mais um passo importante no sentido de melhor poder servir a população», desejando que «esta semente se possa replicar sempre que possível».

sec estado portimaoDe Lagos, Manuel Delgado seguiu para Portimão, onde foi recebido por Isilda Gomes e visitou o hospital de dia oncologia da Unidade de Portimão do Centro Hospitalar do Algarve e o Centro de Saúde de Portimão. Na continuidade das visitas, o secretário de Estado, a caminho do Sotavento, parou em Algoz e conheceu a Unidade de Longa Duração e Manutenção da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados.

Em Loulé, Manuel Delgado esteve na assinatura de um memorando de entendimento entre a Câmara e a Administração Regional de Saúde do Algarve que prevê a criação de um novo equipamento onde ficarão integradas a Unidade de Saúde Familiar Lauroé e a sede do Agrupamento de Centros de Saúde do Algarve I CES Central.

O novo edifício ficará localizado num terreno cedido pelo Município, junto ao Tribunal de Loulé, com uma área total de 607,50 m2, e irá melhorar substancialmente uma Unidade de Saúde Familiar que «tem funcionado em condições muito deploráveis, com grande esforço e dedicação por parte dos profissionais», referiu o presidente da ARS, Moura Reis, relativamente a um serviço que funciona em contentores no Centro de Saúde de Loulé.

O presidente da Câmara Municipal de Loulé, Vítor Aleixo, sublinhou o facto de tratar-se de «mais um passo na construção de uma Unidade de Saúde Familiar que tardava» e aproveitou para alertar para algumas necessidades em termos dos serviços prestados no concelho em termos de saúde pública.

«Temos uma situação muito crítica, os cuidados de saúde são prestados em condições que se degradaram muito nos últimos anos, há défices a vários níveis», referiu o autarca para quem a falta de médicos é uma das questões mais pertinentes.

Assinatura de memorando entre a CML e o Secretário de Estado da Saúde - C.M.Loule - Mira (2)De acordo com a autarquia louletana, dos «utentes inscritos nas estruturas de prestação de saúde no Concelho, apenas 54% têm médico de família. Por outro lado, durante os últimos dias, a extensão de Benafim, uma aldeia do interior com uma população maioritariamente idosa, tem funcionado sem médico». O secretário de Estado deu garantias que esta situação será solucionada com a admissão de um médico nos próximos dias.

Vítor Aleixo lembrou também as manifestações públicas realizadas em Loulé de insatisfação para com a falta de médicos e ameaça de encerramento de estruturas de saúde, mas também a falta de enfermeiros, de pessoal administrativo e de materiais.

Este protocolo é para o autarca «um sinal da administração, em muitos anos, de que esse desinvestimento na saúde pública na região possa ser estancado e que possamos dar um sinal de esperança aos cidadãos».

Relativamente ao memorando de entendimento, Vítor Aleixo manifestou o desejo que esta empreitada tenha um desenvolvimento rápido para resolver o problema das instalações deficitárias atualmente existentes e, por outro lado, que a cidade de Quarteira possa igualmente beneficiar da construção de uma Unidade de Saúde Familiar, até porque essa é também uma prioridade para as políticas de saúde na região.

Perante a presença do novo presidente do INEM nesta cerimónia, Aleixo disse que a Câmara Municipal está disponível para que as instalações deste serviço de socorro e emergência médica possam ficar em Loulé dada a sua centralidade.

Por último, Vítor Aleixo voltou a abordar a construção do Hospital Central do Algarve como uma das grandes necessidades para os algarvios. «A crise impõe restrições mas os algarvios gostariam de não deixar cair esta bandeira. Temos de encontrar a altura própria para reiniciar esse processo», concluiu.

Em resposta ao autarca, o Secretário de Estado disse que o Ministério está «muito atento à evolução das condições e dos equipamentos de saúde no Algarve e a fazer os esforços para arranjar soluções para a falta de médicos e de enfermeiros».

VisitaSecretárioEstadoSaúde_SBAlportelDepois das “queixas” de Vítor Aleixo em Loulé, Manuel Delgado seguiu para São Brás de Alportel e ouviu as “queixas” de Vitor Guerreiro, durante a visita ao ao Centro de Medicina e Reabilitação do Sul. O autarca são-brasense «reiterou as suas preocupações com o estado da saúde na região e em particular nos 5 concelhos que compõem o Agrupamento dos Centros de Saúde (ACES) do Algarve Central: Albufeira, Faro, Loulé, Olhão e São Brás de Alportel».

Na qualidade de Presidente do Conselho da Comunidade do ACES Central, Vitor Guerreiro, em reunião com o Secretário de Estado da Saúde, entregou-lhe em mão um ofício com relação dos distintos constrangimentos identificados nas diferentes unidades funcionais deste ACES que passam por falta de recursos humanos, falta de equipamentos e consumíveis informáticos, falta de manutenção e reparação nos edifícios, reparação e manutenção de viaturas, entre outros.

O autarca aproveitou também a oportunidade para pedir uma solução célere para a gestão do Centro de Medicina e Reabilitação do Sul e para alertar para as limitações de funcionamento com que o Laboratório Regional de Saúde Pública se está a confrontar, nomeadamente com falta de reagentes e consumíveis.

Sec. Estado Saúde Manuel Delgado em FaroDe São Brás de Alportel, Manuel Delgado seguiu para Faro onde, para além das boas notícias sobre a chegada de médicos revelou que entre 1 de julho e 15 de setembro, a região vai contar com 32 pontos de atendimento médico nas praias algarvias e 12 centros de saúde que vão ter “consultas do turista”. Ou seja, vão ter horário alargado até à meia-noite e, a partir das 18h00, estarão disponíveis para atender quem está de férias no Algarve.

Foi ainda anunciada a presença de uma ambulância do INEM em Albufeira, durante o verão um motociclo de emergência médica em Portimão e um ponto de atendimento médico temporário em Armação de Pêra.

As “consultas do turista” vão funcionar em Sagres, Portimão, Armação de Pêra, Carvoeiro, Alvor, Olhos de Água, Quarteira, Almancil, Olhão, Tavira, Monte Gordo e Altura.

Do pavilhão da escola Afonso III, onde foi feita esta apresentação, Manuel Delgado seguiu para o Hospital de Faro para uma reunião de trabalho à porta fechada.

O dia só terminou depois das 20h45, quando o secretário de Estado foi a Vila Real de Santo António para visitar o Serviço de Urgência básica daquela cidade.

 

 

Comentários

pub
pub