Albufeira volta a ser campeã nacional das praias de ouro, D. Ana perde galardão

O concelho de Albufeira volta a ser o campeão nacional nas praias com qualidade de ouro (22 zonas balneares), seguido […]

Albufeira_praiasO concelho de Albufeira volta a ser o campeão nacional nas praias com qualidade de ouro (22 zonas balneares), seguido de Vila Nova de Gaia (18 zonas balneares), Almada (16), Torres Vedras e Vila do Bispo (12). A praia de D. Ana, em Lagos, perdeu este galardão atribuído pela Quercus, devido ao facto de aí ter sido cometido um «atentado paisagístico», com as obras promovidas pela APA no ano passado.

Tal como tem vindo a ser hábito em épocas anteriores, a Quercus voltou a atribuir a classificação de “Praias com Qualidade de Ouro” às zonas balneares do pais cujas águas balneares apresentam melhores resultados em termos de qualidade.

Este ano, foram distinguidas 382 praias com “Qualidade de Ouro”, 338 zonas balneares costeiras, 36 interiores e 8 de transição.

A Quercus identifica, de acordo os critérios estabelecidos pela própria Associação, as águas balneares em Portugal classificadas como tendo “Qualidade de Ouro”, com base na informação pública oficial, disponibilizada pela Agência Portuguesa do Ambiente (SNIRH).

Assim, a Quercus identificou, em 2016, 382 praias com “Qualidade de Ouro” em Portugal – mais 68 que no ano anterior.

Deste total, 321 praias situam-se em Portugal continental, 41 na Região Autónoma dos Açores e 20 na Região Autónoma da Madeira. Este ano há mais 57 praias costeiras, 10 interiores, e 3 de transição, a receber esta distinção.

praia de d ana
Obras feitas pela APA, no ano passado, na Praia de D. Ana, em Lagos, levaram-na a perder o galardão

Em comparação com o ano de 2015, perdem o galardão duas praias fluviais e três costeiras. A associação realça os casos das praias de D. Ana, em Lagos, e da Leirosa, na Figueira da Foz, uma vez que a partir deste ano, «passou a ser igualmente ponderado na atribuição do galardão, a existência de eventuais atentados ambientais ou paisagísticos nas praias».

No Algarve, além dos recordistas Albufeira (22 praias) e Vila do Bispo (12), foram ainda qualificadas como “praias de ouro” 10 zonas balneares no litoral do concelho de Loulé, oito no de Aljezur, sete nos de Lagoa e Portimão, cinco em Vila Real de Santo António, quatro em Lagos, Faro e Silves, e ainda três em Castro Marim, Olhão e Tavira.

Para receber a classificação de praia com “Qualidade de Ouro”, a água balnear das praias tem de respeitar os seguintes critérios:

· Qualidade da água Excelente nas cinco últimas épocas balneares de 2011 a 2015;

· Todas as análises realizadas, sem exceção, na última época balnear (2015) deverão ter apresentado resultados melhores que os valores definidos para o percentil 95 do anexo I da Diretiva relativa às águas balneares; ou seja, para águas costeiras e de transição, todas as análises deverão apresentar valores inferiores a 100 ufc/100ml para os Enterococos intestinais e inferiores a 250ufc/100ml para Escherichia coli, e para águas interiores 200 ufc/100ml e 500 ufc/100ml, respectivamente.

Esta avaliação efetuada pela Quercus é mais limitada em comparação com os múltiplos critérios para atribuição da Bandeira Azul, ao basear-se apenas na qualidade da água das praias, sendo contudo mais exigente neste aspeto em específico, além de incluir todas as águas balneares, não envolvendo qualquer processo de candidatura.

O objetivo da Quercus é «realçar as praias que, ao longo de vários anos (cinco), apresentam sistematicamente uma água balnear de qualidade excelente (tendo em conta a classificação da legislação em vigor), e que, nesse sentido, oferecem assim uma maior fiabilidade no que respeita à qualidade da sua água».

Ficam de fora desta lista, as águas balneares cuja classificação abranja menos de cinco anos e aquelas que só mais recentemente viram resolvidos os seus problemas de poluição ou onde se tenha verificado na última época balnear uma qualquer análise de qualidade inferior à estabelecida como mínimo pela Quercus.

Este ano, pela primeira vez, será hasteada oficialmente a Bandeira “Qualidade de Ouro” na praia da Formosa, na ilha de Santa Maria, Açores, no dia 13 de Junho.

 

Praias de Ouro em Águas Costeiras no Algarve

ALBUFEIRA
ALEMÃES
ARRIFES
AVEIROS
BELHARUCAS
CASTELO
COELHA
EVARISTO
FALÉSIA ALFAMAR
GALÉ-LESTE
GALÉ-OESTE
MANUEL LOURENÇO
MARIA LUÍSA
OURA
OURA-LESTE
PENECO
PESCADORES
ROCHA BAIXINHA
ROCHA BAIXINHA-NASCENTE
ROCHA BAIXINHA-POENTE
S. RAFAEL
SALGADOS
SANTA EULÁLIA

ALJEZUR
AMADO
AMOREIRA-MAR
ARRIFANA
BORDEIRA
MONTE CLÉRIGO
ODECEIXE-MAR
VALE DOS HOMENS
VALE FIGUEIRAS

CASTRO MARIM
ALAGOA-ALTURA
CABEÇO
PRAIA VERDE

FARO
CULATRA-MAR
BARRETA
FARO-MAR
ILHA DO FAROL-MAR

LAGOA
BENAGIL
CANEIROS
CARVALHO
COVA REDONDA
PINTADINHO
SENHORA DA ROCHA
VALE DO OLIVAL

LAGOS
BATATA
LUZ
MEIA PRAIA
PORTO DE MÓS

LOULÉ
ALMARGEM
ANCÃO
FORTE NOVO
GARRÃO-NASCENTE
GARRÃO-POENTE
LOULÉ VELHO
QUARTEIRA
QUINTA DO LAGO
VALE DE LOBO
VILAMOURA

OLHÃO
ARMONA-MAR
ARMONA-RIA
FUSETA-MAR

PORTIMÃO
ALVOR-NASCENTE
ALVOR-POENTE
BARRANCO DAS CANAS
CARIANOS
PRAINHA
ROCHA
VAU

SILVES
ARMAÇÃO DE PÊRA
BARCOS/ARMAÇÃO DE PÊRA NASCENTE
PRAIA GRANDE-NASCENTE
PRAIA GRANDE-POENTE

TAVIRA
CABANAS-MAR
ILHA DE TAVIRA-MAR
TERRA ESTREITA

VILA DO BISPO
ALMÁDENA-CABANAS VELHAS
BOCA DO RIO
BURGAU
CASTELEJO
CORDOAMA
FURNAS
INGRINA
MARETA
MARTINHAL
SALEMA
TONEL
ZAVIAL

VILA REAL DE SANTO ANTÓNIO
FÁBRICA-MAR
LOTA
MANTA ROTA
MONTE GORDO
SANTO ANTÓNIO

Comentários

pub
pub