FOTOGALERIA: Alunos da UAlg ensinam Suporte Básico de Vida a jovens do 7º ano

Se um dia vir um adolescente a arregaçar as mangas, para fazer Suporte Básico de Vida a alguém que tenha […]

Se um dia vir um adolescente a arregaçar as mangas, para fazer Suporte Básico de Vida a alguém que tenha entrado em paragem cardiorespiratória, é bem provável que seja um dos alunos do sétimo ano de escolas do Algarve, que já começaram  receber formação nesta área, dada pelos estudantes do Mestrado Integrado em Medicina da Universidade do Algarve.

O projeto «Crescer a salvar – Está nas tuas mãos», realizado no âmbito da cadeira «Escolha do Estudante» deste curso superior, arrancou esta sexta-feira, na EB 2,3 Santo António, em Faro, e já permitiu aos alunos do 7º ano desta escolas aprender a salvar uma vida, caso seja necessário. Além da teoria, aprendida ao longo da última semana, os jovens forenses tiveram a oportunidade de pôr as “mãos na massa” e experimentar fazer um exercício de reanimação num manequim próprio para o efeito.

E não foi muito difícil, como testemunham Diogo e Tiago, alunos da EB 2,3 Santo António. «Foi muito fixe. Simplesmente, juntamos as mãos em cima do peito de uma pessoa, e começamos a fazer força. Fazemos 30 vezes. Depois são as insuflações [soprar na boca da vítima], por duas vezes. E vamos continuando até vir o INEM», contam.

Capacitar estes jovens para acudir a alguém, em caso de necessidade, é o objetivo do projeto, que está a ser dinamizado por alunos do 3º ano do curso de Medicina da UAlg, com o apoio de professores e diversas entidades. «Pretendemos fazer uma intervenção comunitária, mudar mentalidades e promover a educação para a saúde. Pensámos que seria fundamental ensinar todas as crianças do 7º ano das escolas do Algarve em Suporte Básico de Vida», contou o estudante da UAlg Pedro Teles.

A ideia é chegar a 5001 alunos, das 55 escolas EB 2,3 do Algarve, já este ano lectivo. «Começámos aqui na escola de Santo António, com esta iniciativa-piloto. Agora, com o apoio do Centro Hospitalar do Algarve e dos bombeiros de Albufeira e Portimão, queremos levar o projeto às escolas, todos os anos», acrescentou.

Veja as fotos do exercício:

(Fotos: Hugo Rodrigues/Sul Informação)

 

Comentários

pub
pub