Festival de caminhadas de Alcoutim começa com garantia de forte adesão

Um passeio guiado por um pastor, à descoberta das serranias de Alcoutim, uma viagem de barco até ao Pomarão, regressando […]

Festival de Caminhadas de Alcoutim_4Um passeio guiado por um pastor, à descoberta das serranias de Alcoutim, uma viagem de barco até ao Pomarão, regressando a pé pelos caminhos junto ao Guadiana e novas rotas pedestres para descobrir. Não será, certamente, por falta de alternativas que as centenas de participantes esperadas no Festival de Caminhadas de Alcoutim deixarão de se fazer ao caminho, hoje, sábado, e amanhã.

A edição de 2016 deste evento já era um sucesso, antes de começar, já que todas as atividades que obrigavam a inscrição prévia estavam esgotadas esta sexta-feira, segundo revelou ao Sul Informação o presidente da Câmara de Alcoutim Osvaldo Gonçalves. Ainda assim, este não é um motivo para desanimar quem  ficou com vontade de subir a serra, para caminhar nos trilhos deste concelho do interior do Algarve, já que há outras iniciativas em que a inscrição é feita no próprio dia.

«Em alguns casos, tivemos mesmo de abrir inscrições prévias, já que são atividades que envolvem uma grande logística. A subida até ao Pomarão, por exemplo, depende da disponibilidade das marítimo turísticas», ilustrou Osvaldo Gonçalves, que não escondia a sua satisfação por estar já garantida a presença de muitos visitantes.

«Tem havido uma procura enorme. Este ano, tudo cresceu, em termos quantitativos, mas também qualitativos», disse o edil alcoutenejo. Osvaldo Gonçalves salienta a presença confirmada de pessoas vindas de outros países, nomeadamente alemães, holandeses e ingleses, cuja presença já tinha sido forte em 2015, mas também «de um grupo de franceses, que chegaram na quinta-feira e vão embora na segunda».

«Esta adesão denota bem o potencial que estas atividades podem ter para estimular a economia local», resumiu. Durante este fim-de-semana há casa cheia nas unidades de alojamento de Alcoutim, o que levou a autarquia a arranjar uma alternativa, para aqueles que não fizerem questão de ficar num quarto de hotel ou pensão. «Preparámos o pavilhão desportivo municipal para os que tenham trazido um saco-cama e queiram lá pernoitar. Os balneários estarão abertos para as pessoas o utilizarem», disse o presidente da Câmara.

Festival de Caminhadas de Alcoutim_1Quem também ficará a ganhar é o comércio, em geral, e os restaurantes, em particular. Quem visitar Alcoutim, este fim-de-semana, poderá aderir ao «Festival Gastronómico do Concelho de Alcoutim – Sabores da Serra ao Rio», que começou no passado fim-de-semana e ao qual aderiram 14 estabelecimentos do concelho.

O Festival de Caminhadas traz muita coisa de bom a Alcoutim, mas esta não é a única localidade a beneficiar. Do outro lado do Rio Guadiana, já em Espanha, fica San Lúcar, que a autarquia alcouteneja faz questão de ligar a este evento. «Incluímo-los numa lógica de continuidade cultural e territorial. Tudo o que houver de bom de um lado, reflete-se no outro», ilustrou Osvaldo Gonçalves.

Ainda recentemente, frisou, aconteceu algo que espelha bem o que se pode ganhar, ao colaborar. «Quando nós fizemos a Feira de Doces da Avó, eles fizeram uma feira de artesanato. Nesses dias houve muita movimentação, de barcos e de slide, pois quem ia visitar a feira de San Lúcar, aproveitava para dar um salto a Alcoutim e vice-versa», contou.

O edil de Alcoutim frisou, ainda, o esforço de inovação que tem sido feito pelo seu município, que não se limita a preservar os troços já existentes, mas procura criar mais percursos. «Recentemente criámos a Rota do Contrabandista. faz parte de uma dinâmica de inovação que queremos manter, para ter algo de novo para oferecer a quem vem ao festival, ano após ano», disse.

Comentários

pub
pub