Ciclista norueguês vence 8º Grande Prémio Liberty Seguros que terminou em Lagoa

O norueguês Jensen August (Team Coop-Oster Hus) conquistou este domingo o 8º Grande Prémio Liberty Seguros, que terminou, em Lagoa, […]

Will Routley venceu 2ª etapa do GP Liberty Seguros, com partida e chegada em Lagoa
Will Routley venceu 2ª etapa do GP Liberty Seguros, com partida e chegada em Lagoa

O norueguês Jensen August (Team Coop-Oster Hus) conquistou este domingo o 8º Grande Prémio Liberty Seguros, que terminou, em Lagoa, com vitória do canadiano Will Routley (Rally Cycling) na segunda e última etapa.

Os derradeiros 186,6 quilómetros da prova, que celebraram Lagoa Cidade do Vinho 2016 com a partida e a chegada da etapa a acontecerem naquela cidade algarvia, foram disputados a alta velocidade – média de 41,119 km/h – e com grande intensidade competitiva.

Jensen August garantiu a Camisola Amarela Liberty Seguros, graças aos 3 segundos de bonificação que amealhou nas metas volantes da tirada. Foi essa a diferença que o separou do 2º classificado na geral, Will Routley.

O 3º na geral foi o espanhol Vicente Garcia de Mateos (Louletano-Hospital de Loulé), melhor corredor das equipas portuguesas e melhor “algarvio”, a 5 segundos.

“Foi uma corrida muito dura. Fiquei apenas com um colega de equipa para os últimos 100 quilómetros. Tivemos de trabalhar muito para manter tudo junto no grupo da frente. Na chegada só tive de garantir que não perdia tempo. Acabo esta prova muito satisfeito por ganhar a classificação geral”, afirmou Jensen August, antes da coroação no pódio.

David_de_la_Fuente_ImanolEstevez_JensenAugust_WillRoutley_VicenteGarciaMateos
David de la Fuente, Imanol Estevez, Jensen August, Will Routley e Vicente Garcia Mateos

Will Routley teve de contentar-se com o triunfo na etapa, diante de Imanol Estévez (Euskadi Basque Country-Murias) e do “louletano” Vicente García de Mateos, 2º e 3º na jornada.

“A equipa fez o reconhecimento dos últimos 25 quilómetros desta etapa e eu sabia que atacar no último topo poderia dar-me a vitória. Acabei por ser apanhado e pensei que já não teria hipóteses no sprint. No entanto, ao fim de duas etapas muito duras, estavam todos cansados e ainda conseguir vencer. A época passada não correu como eu queria. Fiz um ‘reset’ no defeso e é sempre bom começar com esta vitória o novo ano”, avança o ciclista oriundo do Canadá.

O espanhol David de la Fuente (Sporting-Tavira) terminou o Grande Prémio Liberty Seguros como rei da montanha, sendo um incontestável dono da Camisola Azul Água Hotels, já que ganhou três das quatro contagens de montanha da corrida.

Vicente García de Mateos, 3º classificado em ambas as etapas, leva para casa a Camisola Lilás Lagoa Cidade do Vinho, de melhor homem na tabela dos pontos.

O basco Imano Estévez conquistou a Camisola Branca Turismo do Algarve, de melhor jovem, mercê do 2º lugar na etapa deste domingo e da desistência, por sintomas gripais, do anterior líder da juventude, Rúben Guerreiro. O Sporting-Tavira ganhou por equipas.

 

Classificações

2.ª Etapa: Lagoa Cidade do Vinho
Lagoa – Lagoa, 186,6 km

1.º Will Routley (Rally Cycling), 4h32m1s
2.º Imanol Estévez (Esukadi Basque Country-Murias), mt
3.º Vicente García de Mateos (Louletano-Hospital de Loulé), mt
4.º Jesús Ezquerra (Sporting-Tavira), mt
5.º Pierre Moncorgé (Bliz-Merida), mt
6.º Samuel Caldeira (W52-FC Porto), mt
7.º David de la Fuente (Sporting-Tavira), mt
8.º César Fonte (Rádio Popular-Boavista), mt
9.º Jensen August (Team Coop-Oster Hus), mt
10.º Enric Mas (Klein Constantia), mt

 

Geral Individual Final

1.º Jensen Augusto (Team Coop-Oster Hus), 7h32m37s
2.º Will Routley (Rally Cycling), a 3s
3.º Vicente García de Mateos (Louletano-Hospital de Loulé), a 5s
4.º Pierre Moncorgé (Bliz-Merida), a 7s
5.º Imanol Estévez (Esukadi Basque Country-Murias), mt
6.º Jerôme Mainard (Armée de Terre), a 10s
7.º Samuel Caldeira (W52-FC Porto), a 11s
8.º Tyler Williams (Axeon-Hagens Berman), a 12s
9.º Jesús Ezquerra (Sporting-Tavira), a 13s
10.º David de la Fuente (Sporting-Tavira), mt

Comentários

pub
pub