Algarve lança o primeiro (e único) Plano Regional de Juventude português

O primeiro (e, para já, único) Plano Regional de Juventude foi criado no Algarve e vai poder ser conhecido, em […]

Plano Regional Juventude Algarve ECOSO primeiro (e, para já, único) Plano Regional de Juventude foi criado no Algarve e vai poder ser conhecido, em pormenor, amanhã, sexta-feira, numa sessão que vai decorrer a partir das 14h30 na sede da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Algarve, em Faro. Este é mais um resultado dos projetos «Algarve 2020: Uma Proposta Jovem» (2012/13) e «Algarve 2020: Um Contrato Jovem» (2015/16), levados a cabo pela Cooperativa ECOS. 

«O Algarve é a primeira e única região do país a criar um plano de ação para a Juventude, e a única da Europa a desenvolver este processo em cooperação com mais de 90 entidades e organizações regionais. O primeiro Plano de Ação Regional de Juventude – «Algarve 2020: Um Contrato Jovem» – tem vindo a ser sido traçado, desde o início de 2015, em diálogo com os jovens, através de uma série de encontros e momentos de trabalho realizados em vários pontos da região. O documento apresenta propostas de ação específicas, a implementar até 2020, em diferentes domínios da juventude», revelou a ECOS.

Jovens no EJA'13A cooperativa realizou, ao longo de quatro anos, um «extenso processo de consultas aos jovens, contando com a colaboração de mais de 90 entidades, entre municípios, direções regionais, instituições e organizações da região». Desta ação, resultou  «um conjunto de medidas com vista a responder aos desafios e obstáculos sentidos pelos/as jovens da região», que estão explanados no Plano Regional de Juventude do Algarve.

A sessão de amanhã contará com a presença do secretário de Estado de Juventude e Desporto João Wengorovius Meneses

A ECOS – Cooperativa de Educação Cooperação e Desenvolvimento, CRL é uma organização registada em Janeiro 2010, constituída com o propósito de «contribuir para a promoção, reconhecimento e valorização da educação não formal enquanto metodologia de desenvolvimento humano e transformação social em complementaridade com a educação formal e informal e para a integração social e reforço da coesão social, assumindo-se como agente de desenvolvimento comunitário».

Apresenta uma diversidade alargada de serviços, entre os ramos de consultoria, investigação e formação, tendo a sua prática centrada na conceptualização, desenvolvimento e implementação de projetos socioculturais, ambientais e educativos, nas suas mais variadas formas e envolvendo os mais variados atores (profissionais e voluntários, investigadores, entidades, autarquias, entre muitos outros) ligados ao trabalho com crianças, jovens e adultos, tanto a nível local, nacional como internacional.

Comentários

pub
pub