Estruturas e artistas da região ainda podem concorrer a apoio de 7 mil euros da rede Azul

As estruturas e artistas que se quiserem candidatar uma criação original no campo das artes performativas a um apoio de […]

6 Auditório Municipal interiorAs estruturas e artistas que se quiserem candidatar uma criação original no campo das artes performativas a um apoio de 7 mil euros, no âmbito do projeto Azul – Rede de Teatros do Algarve, podem fazê-lo até ao dia 28 de Fevereiro.

A Câmara de Albufeira, gestora do Auditório Municipal, um dos parceiros desta rede regional que junta 11 equipamentos culturais de outros tantos municípios da região, formalmente criada em Janeiro, lembrou os agentes culturais desta oportunidade de financiamento, que é, igualmente, uma oportunidade para fazer a «apresentação pública e itinerância regional» do espetáculo vencedor.

Além do dinheiro, o projeto escolhido também vai ter direito a «apoio logístico ao nível de alimentação, alojamento e licenças necessárias à realização das apresentações».

No concurso, lembra a autarquia albufeirense, «podem participar todas as estruturas associativas, de âmbito cultural sem fins lucrativos, com personalidade jurídica e sediadas na região».

«As candidaturas devem ser apresentadas em envelope fechado e com pseudónimo, devendo conter os seguintes elementos: ficha de inscrição (denominação do candidato/ nº de identificação fiscal e morada/ telefone/ telemóvel/ fax| email) e ficha artística (título da criação/ nome do criador(es) e currículo(s) / sinopse/ duração/ fundamentação da escolha/ público-alvo/ currículo do grupo/companhia, nº de elementos intervenientes e respetivos nomes, orçamento de produção e estimativa geral de requisitos ao nível logístico para efeitos de itinerância)», acrescentou.

As propostas podem ser apresentadas individualmente ou no modelo de coprodução.. A entrega dos projetos deve ser feita junto do Teatro das Figuras, um dos parceiros da Rede AZUL, enviada para o email geral@teatrodasfiguras.pt ou por carta, para a morada Rua João de Brito Vargas, 8005-518 Faro.

A rede Azul foi formalizada a 9 de Janeiro, com o objetivo de «promover a circulação da criação artística, chegando a mais palcos e a públicos diversificados, estimular as estruturas profissionais existentes no Algarve para novos desafios e fomentar criadores emergentes, facilitando abordagens interdisciplinares, a colaboração e o intercâmbio entre diferentes criadores e estruturas artísticas, bem como o acesso do público a produções itinerantes, condições de ingresso e divulgação».

Comentários

pub