Dobradinha portuguesa no comando da 4ª etapa do Dakar2016

Uma dobradinha portuguesa dominou hoje a 4ª etapa do Dakar2016, com a vitória de Paulo Gonçalves (Honda) e o 2º […]

Paulo Gonçalves_etapa4_1Uma dobradinha portuguesa dominou hoje a 4ª etapa do Dakar2016, com a vitória de Paulo Gonçalves (Honda) e o 2º lugar de Ruben Faria (Husqvarna), tendo o 3º posto ficado para o argentino Kevin Benavides (Honda).

Gonçalves beneficiou de uma penalização de 5 minutos imposta ao espanhol Joan Barreda, seu companheiro de equipa, que até tinha sido o mais rápido do dia.

Numa etapa com partida e chegada em Jujuy, na Argentina, Barreda cumpriu a especial de 429 quilómetros em 4:05.30 horas, ou seja, 1.49 minutos mais rápido do que Paulo Gonçalves, enquanto o também português Ruben Faria (Husqvarna) foi o terceiro, a 4.24, mas o espanhol voltou a ser penalizado por excesso de velocidade, tal como na terça-feira, desta vez em cinco minutos.

Com esta vitória na primeira etapa maratona desta edição do mais famoso rali todo-o-terreno do mundo, o português Paulo Gonçalves saltou para o comando da classificação geral.

Dakar_etapa4_5Quanto ao algarvio Ruben Faria, a segunda posição na etapa de hoje permitiu-lhe trepar três lugares na geral, sendo agora 5º.

“Foi a minha primeira etapa maratona, num dia de abertura rápida. Rolei perto de Benavides antes da paragem para reabastecimento, mas então cometi um ligeiro erro dentro da área de velocidade controlada e perdi algum tempo. Ataquei para ganhar tempo e, no final, não estava muito atrás. Foi um bom dia e foi crucial trazer a moto de volta inteira. Estou feliz por mim e pela Honda”, comentou Paulo Gonçalves, no final da etapa.

No que diz respeito aos restantes portugueses, nesta tirada Hélder Rodrigues (Yamaha) foi 15º, Mário Patrão 31º e Pedro Bianchi Prata foi 50º. Na Geral, Rodrigues é 14º, Patrão subiu e é 29º e Bianchi Prata 55º.

Amanhã será disputada a 5ª etapa, a segunda em maratona, ligando Jujuy a Uyuni, já na Bolívia.

Comentários

pub
pub