Diocese do Algarve inicia Jubileu na igreja da Misericórdia em Faro

O bispo do Algarve preside ao início do Jubileu da Misericórdia, na diocese, onde vão dar “importância ao batismo”, com […]

D. Manuel Neto Quintas, Bispo do Algarve - Foto: Folha do Domingo
D. Manuel Neto Quintas, Bispo do Algarve – Foto: Folha do Domingo

O bispo do Algarve preside ao início do Jubileu da Misericórdia, na diocese, onde vão dar “importância ao batismo”, com uma concentração este domingo, pelas 17h00, na igreja da Misericórdia, seguindo em procissão para a Sé, em Faro.

“A redescoberta do batismo será a referência purificadora do Ano da Misericórdia. O sentido da conversão começa pela redescoberta e valorização do batismo”, considera D. Manuel Neto Quintas.

A diocese assinala que a comunidade católica vai redescobrir este “significado através da valorização do batistério”.

Desta forma, em todas as Igrejas Jubilares faz-se a bênção da água batismal para ser levada para os batistérios paroquiais, “com a qual se realizará o rito de aspersão no domingo seguinte”, para além dos batismos ao longo do ano.

O Gabinete de Informação da Diocese do Algarve diz que, na abertura do Ano Santo, na igreja da Misericórdia, em Faro, vai realizar-se o rito de abertura da Porta Santa, “bem como da porta do batistério”, e depois o bispo diocesano preside à eucaristia “com evocação do batismo”.

A Diocese do Algarve vai realizar ainda o rito da abertura da ‘Porta Santa’ em mais quatro igrejas jubilares: na Sé de Silves, dia 19, pelas 19h00, e ainda na igreja matriz de Portimão e na igreja de Santa Maria de Tavira, ambas no dia 20, respetivamente às 11h30 e 17h00.

A última ‘Porta Santa’ da Diocese do Algarve é aberta pelo seu bispo no dia 1 de janeiro de 2016 no Santuário de Nossa Senhora da Piedade/Mãe Soberana, em Loulé, às 15h00.

Durante o Jubileu da Misericórdia [08 dezembro-20 novembro 2016] a diocese vai “valorizar” também o sacramento da Reconciliação propondo que se “recuperem ou criem espaços dignos e acolhedores” para esse efeito nas diversas paróquias, bem como um dia para adoração eucarística e celebração deste sacramento.

Na Diocese do Algarve estão ainda previstas “muitas outras ações”, como a Jornada de Pastoral sobre a misericórdia, que inclui as dimensões bíblica, litúrgica e sócio caritativa, a 9 de janeiro; Ainda neste mês realiza-se o Jubileu dos Diáconos, no dia 24; dos Catequistas, no Dia Diocesano do Catequista, a 30, e no dia seguinte o Jubileu dos Consagrados.

No primeiro domingo da Quaresma, a diocese celebra o Jubileu das Pessoas com deficiência, no dia 14 de fevereiro e no dia 27 do Corpo Nacional de Escutas.

O Gabinete de Informação da Diocese do Algarve informa que a iniciativa ‘24 horas para o Senhor’ realiza-se em todas as paróquias, nos dias 4 e 5 de março, e a 19 realiza-se o Jubileu dos Crismados/Jovens, integrado na Jornada Diocesana da Juventude.

A celebração da Mãe da Misericórdia, integrada na festa da Mãe Soberana, no dia 10 de abril, em Loulé, e o Jubileu da Catequese para as paróquias do barlavento algarvio é a 23 e passado uma semana para as paróquias do sotavento algarvio.

Na Diocese do Algarve, no Ano Santo da Misericórdia, destaque ainda para o Jubileu dos Movimentos, a 14 de maio, e o das Famílias, “integrado numa jornada diocesana”, no dia 21.

Os presbíteros também vão ter o seu jubileu celebrado a 6 de junho e o das Instituições Sócio caritativas no dia 18.

Comentários

pub
pub