Bispo do Algarve apela à oração pelas vítimas dos atentados de Paris

O Bispo do Algarve apela a todos os católicos algarvios e a todas as comunidades paroquiais, para que, durante este […]

Bispo do Algarve_02O Bispo do Algarve apela a todos os católicos algarvios e a todas as comunidades paroquiais, para que, durante este fim-de-semana, nas eucaristias, se reze por todas as vítimas dos atentados de sexta-feira, em Paris.

«Como Igreja diocesana do Algarve, queremos manifestar a nossa comunhão e a nossa proximidade humana e espiritual às vítimas e suas famílias e a todo o povo francês, que acolheu milhares de portugueses no passado e no presente, e do qual fazem parte tantos luso descendentes», apela D. Manuel Neto Quintas.

O Bispo do Algarve afirma que, «neste momento, sentimos mais viva e atual a verdade das palavras conciliares: “as alegrias e as esperanças, as tristezas e as angústias dos homens de hoje, sobretudo dos pobres e de todos aqueles que sofrem, são também as alegrias e as esperanças, as tristezas e as angústias dos discípulos de Cristo; e não há realidade alguma verdadeiramente humana que não encontre eco no seu coração” (GS 1)».

D. Manuel Neto Quintas está certo de que, «deste modo, exprimimos não só o sentir dos nossos diocesanos, mas de todos os algarvios».

O prelado algarvio considera os atentados como «inqualificáveis» e injustificáveis «a todos os títulos, pelo desrespeito, desprezo e aniquilação da vida humana de tantos cidadãos indefesos».

Comentários

pub
pub