Montras do Balcão Único Municipal promovem produtos tradicionais e marcas de Portimão

As montras do Balcão Único Municipal irão promover alguns dos produtos tradicionais do Município e marcas que fazem parte do […]

Montras Balcão ÚnicoAs montras do Balcão Único Municipal irão promover alguns dos produtos tradicionais do Município e marcas que fazem parte do seu património, «conferindo uma nova dinâmica àquele espaço expositivo e contribuindo para uma maior visibilidade das marcas de Portimão e produtos aqui produzidos», anunciou a Câmara local.

Até finais de novembro, o mel e o medronho prometem chamar a atenção de quem passar pelo Balcão Único, localizado em plena Rua do Comércio.

Na montra estará, de um lado, um dos grandes ícones no setor das bebidas espirituosas, criado por uma família de Portimão há mais de um século, o licor “ Brandymel”, e do outro, o mel produzido na freguesia da Mexilhoeira Grande e transformado por uma jovem empresa local, “Cabeço da Eira”, que aqui expõe os seus produtos à base não só de mel, como também de medronho.

Oliveiros Cristina é o patriarca de uma família de Portimão inventou em 1955 um dos licores mais conhecidos do País. Criado com base numa receita tradicional algarvia de Monchique e produzido a partir de uma tradicional e antiga mistura de mel e medronho, aromatizada com plantas serranas, foi originalmente registado sob a marca “Brandemel”, em 1952, passando a ser comercializado com a designação até hoje conhecida: Brandymel.

Montra Licor de MelApesar de, recentemente, a família ter perdido uma batalha judicial pela posse desta marca de bebida espirituosa cujo registo entretanto caducou e foi utilizado por outra pessoa estranha à família, continua a produzir e a vender o licor com a mesma garrafa, com o mesmo aspeto e com o mesmo licor , mas sem nome, preparando-se para relançá-lo com um novo nome – Dom Cristina, em homenagem ao seu criador.

Na Mexilhoeira Grande, encontram-se os maiores produtores de mel da região algarvia, sendo que, na área geográfica desta freguesia, é produzido mel certificado DOP.

Numa das montras do Balcão Único, encontram-se expostos não só vários artefactos ligados à produção do mel, como vários produtos transformados e comercializados por um dos mais recentes produtores da freguesia, a empresa “Cabeço da Eira”.

Criada em 2014, o “Cabeço da Eira” prima pela qualidade dos seus produtos, utilizando técnicas artesanais na produção e distinguindo-se, não só pelo mel das serras algarvias, que resulta de uma escolha cuidadosa da localização dos apiários de modo a produzir méis mono-florais genuínos na sua característica de paladar e aroma, como também pela aguardente de medronho, cujos frutos são recolhidos na serra de Monchique e destilados em alambique tradicional de cobre e pelos licores que utilizam frutos e plantas aromáticas da região.

Produzem e apresentam ainda na montra, compotas utilizando as frutas da época e mel, em substituição do açúcar, o que lhes confere uma característica inigualável, realçando o sabor da fruta.

Montra_ Cabeço da EiraEm Dezembro, atendendo à quadra natalícia, as montras do Balcão Único irão dar visibilidade aos vários trabalhos de artes decorativas desenvolvidos pelos utentes das instituições de acolhimento sénior de Portimão sob o mote “ Mãos de Natal”.

Presépios, árvores de natal, anjinhos, pais natais, coroas, arranjos da época e muitas outras peças alusivas ao Natal irão marcar a decoração das montras do Balcão Único, como expressão da criatividade e da arte de cerca de 180 utentes de instituições sénior de Portimão.

Em 2016, as montras do Balcão Único irão brindar o início do novo ano com os vinhos da Região Vitivinícola de Portimão, com a presença desde já confirmada dos três produtores locais: Quinta do Morgado da Torre, Quinta da Penina e Herdade dos Pimentéis.

Este projeto de dinamização das montras do Balcão Único é uma iniciativa da Câmara Municipal de Portimão e conta com o apoio do curso de Design de Comunicação do ISMAT, que, sob a coordenação da professora Daniela Brás, irá envolver os alunos na ação de decoração destas vitrinas.

Comentários

pub
pub