Gonçalo Pescada estreia obra a nível mundial em Loulé

Gonçalo Pescada vai estar no sábado, dia 31 de Outubro, às 21h30 no Cine-Teatro Louletano, para protagonizar um concerto onde […]

Gonçalo PescadaGonçalo Pescada vai estar no sábado, dia 31 de Outubro, às 21h30 no Cine-Teatro Louletano, para protagonizar um concerto onde interpretará a obra «Essay XVIII», de Christopher Bochmann, em estreia mundial e irá mostrar, «em primeira-mão», algumas técnicas contemporâneas de interpretação deste instrumento musical, anunciou a Câmara de Loulé.

No espetáculo do fim de semana, o conceituado acordeonista algarvio vai mostrar alguns dos resultados do programa de Doutoramento em Música e Musicologia. Entre as novidades a apresentar contam-se as técnicas «cluster, glissando, portamento, bellow shake, ricochete e o recurso ao sistema convertor». No concerto, Gonçalo Pescada interpretará a obra  em estreia mundial.

O programa do concerto inclui, ainda, obras de Sofia Gubaidulina, Luciano Berio, Edison Denisov, Franco Donatoni, Mauricio Kagel e Magnus Lindberg.

Os bilhetes custam 8 euros por pessoa. Para mais informações e reservas os interessados podem contactar o Cine-Teatro Louletano pelo telefone 289414604 (terça a sexta das 13 horas às 18 horas) ou pelo email cinereservas@cm-loule.pt

Sobre Gonçalo Pescada:

Gonçalo Pescada iniciou os estudos musicais no Algarve e continuou a sua formação em Lisboa (Instituto Musical Vitorino Matono), Castelo Branco (Escola Superior de Artes Aplicadas) e França (Centre National et International de Musique et Accordéon).

Entre outros, obteve o 1.º Prémio no Concurso Nacional de Acordeão (Alcobaça, 1995) e o 1.º Prémio no Concurso Internacional “Citá di Montese” (Itália, 2004). Com o 1.º Prémio no Concurso de Interpretação do Estoril (Portugal, 2006), Gonçalo Pescada viu a sua carreira tomar um rumo internacional, realizando recitais em Espanha, França, Reino Unido, Alemanha, Itália e Bulgária.

Apresentou-se como solista com a Orquestra do Algarve, OrchestrUtopica, Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras, Orquestra Filarmonia das Beiras e Orquestra Metropolitana de Lisboa, sob a direção dos grandes maestros Cesário Costa, Osvaldo Ferreira, Michael Zilm, Nikolay Lalov, Susana Pescetti, entre outros.

Foi convidado a participar em Festivais de enorme prestígio como o 33.º Festival de Música do Estoril, Dias da Música em Belém 2008, 30.º Festival Internacional de Música da Póvoa de Varzim e 39.º Sofia Music Weeks International Festival (Bulgária), e apresentou-se em salas incontornáveis como o Grande Auditório do Centro Cultural de Belém, Bulgária Hall e Queen Elizabeth Hall (Londres).

Tem gravado para rádios e televisões. Foram editados em 2012 os CD’s “Encontros” (duo com piano) e “Astor Piazzola” (solista com orquestra).

Comentários

pub