Obras de modernização do Mercado de Altura começaram na sexta-feira

As obras de modernização do Mercado Municipal de Altura, em Castro Marim, começaram na sexta-feira. A intervenção, que visa a […]

Mercado_AlturaAs obras de modernização do Mercado Municipal de Altura, em Castro Marim, começaram na sexta-feira. A intervenção, que visa a remodelação, modernização e revitalização do equipamento, vai custar cerca de 268 mil euros e deverá estar concluída dentro de 8 meses. Enquanto durarem as obras, o Mercado de Altura ficará a funcionar na antiga escola primária.

Segundo a Câmara de Castro Marim, as obras vão «melhorar as condições técnicas e tecnológicas necessárias aos vendedores na garantia da qualidade dos produtos, além de tornar o espaço mais atrativo para o público em geral». «As principais modificações vão acontecer na zona de venda de pescado, através da total remodelação de bancas e espaços afetos, procurando responder à excelência exigida, tanto pelo vendedor, como pelo consumidor», acrescentou.

O projeto contempla também a reabilitação de outros espaços interiores, que passam pela redistribuição de sítios de venda, aplicação de novos revestimentos, remodelação de sanitários, reformulação de infraestruturas de abastecimento de água e de rede elétrica, entre outros.

«A necessidade de intervenção, para além de questões higineo-sanitárias, tem como principal objetivo o apoio e dinamização da economia do local, e o reforço da sua identidade ligada ao mar, hoje muito focada no sol e praia. Acreditamos num aumento da procura de bens no mercado local, referenciados como de superior qualidade, e consequentemente no aumento de transações de produtos ligados ao mar», afirmou a vice-presidente da Câmara de Castro Marim Filomena Sintra.

O novo mercado acolherá «workshops e atelieres que estimulem essa procura, tal como serão levadas a cabo ações de promoção e marketing para o mesmo fim e para a sensibilização do consumidor para as vantagens de compra num mercado de proximidade». Também passa a estar aqui instalado o espaço do Cidadão, da rede de lojas do Cidadão.

«Por outro lado, Altura e Castro Marim, referências na região pela sua restauração e gastronomia, poderão no seu conjunto e com o mercado, impulsionar as pequenas explorações e dessa forma criar mais emprego», segundo Filomena Sintra.

A modernização do Mercado Municipal de Altura tem o cofinanciamento do PROMAR (Programa Operacional Pesca 2007-2013), por via das medidas do Grupo de Ação Costeira do Sotavento, que desde muito cedo acompanhou este projeto.

 

 

Comentários

pub
pub