Lince ibérico Khan regressou a Silves, a sua terra natal, por iniciativa própria

O lince ibérico Khan, que nasceu no Centro Nacional de Reprodução de Lince Ibérico, em Silves, regressou a este concelho, […]

lince ibericoO lince ibérico Khan, que nasceu no Centro Nacional de Reprodução de Lince Ibérico, em Silves, regressou a este concelho, após ter feito por sua iniciativa o longo caminho que separa o município algarvio de Castilla – La Mancha, em Espanha, onde foi reintroduzido na natureza em 2014.

A presença deste lince no Norte do concelho de Silves foi detetada no dia 23 de Setembro, pelo Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF), que vem monitorizando o percurso de Khan através de uma coleira de GPS, bem como o do seu irmão Kentaro, libertado na mesma altura, no âmbito do projeto LIFE + Iberlince, e que também já regressou a Portugal.

Segundo dados do ICNF revelados pela Câmara de Silves, depois de ter sido libertado, a 26 de Novembro de 2014, em Espanha, o lince Khan iniciou a sua dispersão para oeste, «usando as áreas de alta montanha, que o levaram a atravessar o Parque Nacional de Cabañeros, até chegar à região de La Jara».

Mais tarde derivou em direção ao Rio Tejo, tendo, «nas semanas seguintes, continuado o seu caminho para o sul da província de Toledo e, em meados de fevereiro, passou para a província de Cáceres. Durante o seu trânsito através desta comunidade, este macho foi capaz de nadar através do Rio Guadiana para chegar a Portugal no passado dia 28 de junho», segundo o ICNF. Durante o Verão, Khan viajou para Sul e para Oeste e chegou ao concelho que o viu nascer.

«O ICNF tem acompanhado o percurso de Khan através de informações fornecidas através de um colar de GPS que este traz consigo, podendo, desse modo registar as deslocações efetuadas e os comportamentos do animal, o uso dos territórios que percorre e outros parâmetros biológicos essenciais à conservação da espécie», segundo a Câmara de Silves.

Comentários

pub
pub