Associação In Loco é finalista do prémio de ONG Europeia do Ano

O trabalho de promoção da participação cívica e cidadania que a associação In Loco tem desenvolvido pode valer-lhe o prémio […]

In LocoO trabalho de promoção da participação cívica e cidadania que a associação In Loco tem desenvolvido pode valer-lhe o prémio de Organização Não Governamental (ONG) Europeia do Ano, galardão atribuído pelo European Civic Forum.

Esta é «a mais importante distinção a nível europeu» que uma entidade não governamental pode receber, no campo da cidadania e promoção da democracia, segundo Nelson Dias, da In Loco.

A associação de desenvolvimento local algarvia foi a única portuguesa a concorrer a este prémios e soube esta quarta-feira que é uma das quatro finalistas dos European Democratic Citizenship Awards, na sua categoria.

Esta lista de finalistas foi escolhida por um júri internacional, nomeado pelo promotor dos prémios, mas o público em geral também terá uma palavra a dizer. Até dia 28 de Setembro, qualquer pessoa pode submeter o seu voto, no site da iniciativa, bastando para isso clicar no icon “vote here”, dar o seu email e escolher o seu candidato favorito, nas quatro categorias. Além de ONG do Ano, os prémios contam com as categorias «Iniciativa dos Media do Ano», «Personalidade do Ano» e «Campanha de Cidadãos do Ano».

No final, os votos dos cidadãos contarão 50 por cento da “nota” final de cada candidato, com a pontuação que já foi dada pelo júri a valer outros 50 por cento. A decisão final será revelada «na primeira semana de Outubro», segundo o European Civic Forum.

Nelson Dias In LocoNelson Dias, que tem estado intimamente ligado a muitos dos processos de promoção da cidadania em que a In Loco está envolvida, nomeadamente na promoção dos Orçamentos Participativos, revelou ao Sul Informação que a associação incluiu na candidatura o trabalho que desenvolve nesta área.

«Os prémios têm muito a ver com a Carta Europeia dos Direitos Humanos, com a democracia participativa e com a cidadania. Na candidatura tivemos de responder a diversas questões, nomeadamente qual o impacto do trabalho que desenvolvemos, o que teve de inovador e o contributo que deu para os valores europeus», explicou Nelson Dias.

Caso vença, a In Loco vai ser convidada a apresentar os seus projetos de cidadania e participação cívica no Fórum Mundial da Democracia, que decorre em Estrasburgo, na França, de 18 a 20 de Novembro de 2015.

Comentários

pub
pub