Almancilense ou Moncarapachense? Um deles vai ser campeão amanhã

Almancilense ou Moncarapachense? Uma destas duas equipas vai celebrar amanhã o título de Campeão Distrital de Futebol. À partida para […]

AlmancilenseMoncarapachenseAlmancilense ou Moncarapachense? Uma destas duas equipas vai celebrar amanhã o título de Campeão Distrital de Futebol. À partida para a última jornada, que se disputa amanhã às 17h00, dois pontos separam os dois conjuntos – vantagem para o Almancilense – e a decisão joga-se em dois campos: em Almancil, onde líder joga com o Culatrense, e em Faro, onde Farense B recebe o Moncarapachense.

O Almancilense, orientado por Luís Coelho, parte para a última jornada em vantagem, mas só uma vitória frente ao Culatrense, terceiro classificado, garante o título de campeão, sendo que o Culatrense vem de uma série de 9 jogos sem conhecer o sabor da derrota.

Um empate, a verificar-se uma eventual vitória do Moncarapachense em Faro, deixa as duas equipas em igualdade pontual, mas o atual segundo classificado tem vantagem no confronto direto, uma vez que venceu as duas partidas que disputou com a equipa do concelho de Loulé.

Em caso de derrota do Almancilense e vitória do Moncarapachense, o título vai para a turma de Moncarapacho, que terminaria o campeonato com um ponto de vantagem. Caso o Moncarapachense não consiga vencer o Farense B (7º), o Almancilense pode perder, ou empatar, e ainda assim vai celebrar o título e a respetiva subida ao Campeonato Nacional de Séniores.

O Almancilense vem de uma série de quatro vitórias consecutivas, tendo perdido pela última vez, precisamente frente ao Moncarapachense, por 2-0, na 29ª jornada. Na última jornada, venceu em Quarteira, por 0-1, com um golo marcado na conversão de um pénalti já nos últimos 10 minutos de jogo.

A equipa de Almancil tem o melhor ataque e melhor defesa do Campeonato com 106 golos marcados (média 3,5 golos/jogo) e 17 sofridos (0,59 golos/jogo), tem 28 vitórias, 5 empates e nunca empatou nas 33 jornadas já disputadas. Tem 84 pontos.

Já o Moncarapachense, de Eduardo Rodrigues, tem menos um golo marcado, 105 (3 golos/jogo) e 25 golos sofridos (0,76 golos/jogo), mas tem menos derrotas, apenas três, e empatou por quatro ocasiões. Tem 82 pontos.

A equipa de Moncarapacho enfrenta a derradeira jornada depois de uma série de cinco vitórias consecutivas, sendo que na última jornada disputada goleou o Mexilhoeira Grande por 7-0.

Uma coisa é certa: de amanhã não passa, vai haver festa em Almancil, ou em Moncarapacho.

Jogos agendados para a última jornada do Distrital:

Almancilense – Culatrense

Farense B – Moncarapachense

Monchiquense – Lagoa

Imortal – Padernense

Silves – Quarteira

Faro e Benfica – Esperança de Lagos

Guia – Carvoeiro United

Mexilhoeira Grande – Odiáxere

11 Esperanças – Armacenenses

 

Comentários

pub
pub