Loulé acolhe exposição de bustos em barro dos Presidentes da República

A exposição «Bustos de Presidentes da República portugueses pela arte do barro», criados pelo mestre oleiro barcelense Joaquim Esteves, vai […]

RepublicaA exposição «Bustos de Presidentes da República portugueses pela arte do barro», criados pelo mestre oleiro barcelense Joaquim Esteves, vai estar patente nos Paços de Concelho de Loulé entre 16 de março e 17 de abril.

Manuel de Arriaga (1911-1915), Teófilo Braga (1915), Bernardino Machado (1915-1917 e 1925-1926), Sidónio Pais (1917-1918), Canto e Castro (1918-1919), António José de Almeida (1919-1923), e Manuel Teixeira Gomes (1919-1923), na I República (1910-1926); Mendes Cabeçadas (1926), Gomes da Costa (1926), Óscar Carmona (1926-1951), Craveiro Lopes (1951-1958) e Américo Tomás (1958-1974), na Ditadura Militar (1926-1933) e Estado Novo (1933-1974); António de Spínola (1974), Costa Gomes (1974-1976), Ramalho Eanes (1976-1986), Mário Soares (1986-1996), Jorge Sampaio (1996-2006) e Aníbal Cavaco Silva (2006-2014) são os Presidentes representados.

«Trata-se de uma exposição com grande sentido pedagógico e cultural, que educa para o conhecimento de personalidades importantes e incontornáveis da nossa História recente», ilustra a Câmara de Loulé.

Idealizada aquando do Centenário da República, esta exposição rememora os cem anos de Presidência, «potenciando uma viagem pelo tempo de cada Presidente e respetivo contexto sociopolítico».

A Exposição pode ser visitada diariamente, das 9 às 13 horas e das 14 às 17 horas. A entrada é livre. A divulgação desta coleção em Loulé resulta de uma colaboração entre a autarquia louletana, o Município de Barcelos e o Museu da Assembleia da República.

Comentários

pub
pub