Eclipse solar teve implicações na meteorologia

Uma diminuição da radiação global medida em algumas estações do território nacional, no período entre as 08 e 09 horas […]

Figura 1
Figura 1

Uma diminuição da radiação global medida em algumas estações do território nacional, no período entre as 08 e 09 horas locais, foi identificada na sequência do eclipse solar de sexta-feira, dia 20 de Março, anunciou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

A Figura 1 mostra uma atenuação da radiação solar global medida na estação meteorológica de Lisboa/Gago Coutinho entre as 08h30 e as 09 horas.

Esta atenuação ocorreu numa altura do dia em que normalmente a radiação aumenta e num dia em que havia nebulosidade, não se tendo verificado alterações significativas na evolução da temperatura.

Figura 2
Figura 2

A diferença de luminosidade entre o dias 19 e 20 de Março às 9 horas, causada pelo eclipse, é ilustrada na Figura 2.

Nesta Figura mostram-se duas imagens de satélite que resultam da combinação dos canais do visível de alta resolução (HRV) e do infravermelho 10.8 μ do satélite Meteosat de Segunda Geração (MSG).

A Animação 1 apresenta uma sequência de imagens combinadas do satélite MSG com base nos canais 0.6 μ, 0.8 μ e 1.6μ, entre as 07h00 e as 12h00 horas locais mostrando a evolução da sombra originada pelo eclipse no Atlântico Norte, Norte de África e Europa Ocidental.

Clique aqui para ver a animação.

 

Comentários

pub
pub