Greve do pessoal não docente pode fechar escolas no Algarve esta sexta-feira

Escolas de todo o Algarve podem fechar esta sexta-feira, como consequência da greve nacional dos trabalhadores não docentes dos estabelecimentos […]

M2081S-1029Escolas de todo o Algarve podem fechar esta sexta-feira, como consequência da greve nacional dos trabalhadores não docentes dos estabelecimentos de educação e ensino da rede pública, convocada para amanhã.

A paralisação pode afetar estabelecimentos de ensino do pré-escolar e Ensino Básico e Secundário.

O pessoal auxiliar das escolas públicas exige, entre outras coisas, a reposição do horário laboral de 35 horas, o fim do «recurso institucionalizado à contratação precária e da sazonalidade das funções dos trabalhadores não docentes, para suprir as necessidade permanentes de pessoal» e a abertura de concursos para a integração definitiva dos trabalhadores que estiverem a contrato a termo certo.

Outra exigência é o «fim da utilização dos Contratos de Emprego Inserção e Inserção+ para ocupação de postos de trabalho permanentes», segundo o pré-aviso de greve lançado pela Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais a 5 de fevereiro.

«A abertura de procedimentos concursais para as categorias de encarregado Operacional e coordenador técnico» e «a criação de uma carreira especial para o pessoal não docente dos estabelecimentos de educação e ensino» completam a lista de exigências dos sindicatos.

Comentários

pub
pub