CRIA da Universidade do Algarve convida empresários para integrarem comunidades de inovação setoriais

A Divisão de Empreendedorismo e Transferência de Tecnologia (CRIA) da Universidade do Algarve organiza, nos dias 9, 10 e 11 […]

eco-inovaçãoA Divisão de Empreendedorismo e Transferência de Tecnologia (CRIA) da Universidade do Algarve organiza, nos dias 9, 10 e 11 de Dezembro, os primeiros encontros para a constituição de comunidades de inovação setoriais, cujo principal objetivo é convidar os responsáveis de cada setor a refletir sobre áreas de intervenção consideradas estratégicas para a região.

Assim, o setor do turismo vai reunir-se no próximo dia 9, terça-feira, para discutir as novas áreas formativas ou as competências a implementar na oferta formativa regional, mercados específicos como o turismo desportivo ou o “científico” direcionado para o cluster do mar e do turismo acessível.

No setor do mar, cujas reuniões se realizam no dia 10, quarta-feira, além da oferta formativa, serão abordados temas como a certificação de origem dos produtos, a necessidade de intervenção em infraestruturas de suporte ou a possibilidade de implementação de parques eólicos offshore.

Por fim, a comunidade de inovação do setor do Ambiente e Energias Renováveis terá lugar no dia 11, quinta-feira, e versará sobre meios e técnicas para resolver a questão da separação de lixo, o lançamento de um prémio regional de eficiência energética ou a criação de um cluster para o setor solar.

A constituição destas comunidades ocorre após uma primeira fase em que investigadores da UAlg e empresários da região foram chamados a identificar ideias e projetos prioritários e estratégicos para a região.

Deste modo, as Comunidades de Inovação pretendem dar continuidade ao processo iniciado, fomentando estratégias de concentração e especialização empresarial que potenciem os recursos naturais científicos e tecnológicos da região e lancem as bases para uma nova estrutura de governação adequada e inclusiva.

Pretende-se ainda despoletar processos de inovação, com massa crítica infraestrutural e de financiamento, que propiciem condições para a criação e desenvolvimento de novos serviços e produtos e para a emergência de empresas inovadoras.

No total serão constituídas seis comunidades de inovação dedicadas a seis áreas temáticas: Turismo, Mar, Ambiente e Energias Renováveis, TIC e Indústrias Culturais e Criativas, Saúde e Bem-Estar e Agroalimentar.

Esta iniciativa realiza-se no âmbito do projeto Algarve 2015 – Empreender e Inovar +, cofinanciado pelo PO Algarve 21,

Todos os interessados em integrar as comunidades de inovação deverão inscrever-se previamente, através do e-mail cria@ualg.pt, com indicação do setor e do tema em que pretendem inscrever-se, bem como nome, empresa, cargo ou função e endereço eletrónico

Comentários

pub