Algarve atraiu cerca de 120 mil sevilhanos em 2014 e quer mais

Um em cada dez sevilhanos escolheu o Algarve para passar férias, em 2014, e a Região de Turismo do Algarve […]

Ação de Promoção do Algarve em Sevilha_dezembro 2014Um em cada dez sevilhanos escolheu o Algarve para passar férias, em 2014, e a Região de Turismo do Algarve (RTA) quer que sejam ainda mais os habitantes da capital da Andaluzia a visitar a região.

Numa altura em que o mercado espanhol está a crescer, no Algarve, a RTA realizou uma ação de promoção do Algarve no consulado de Portugal desta cidade espanhola, na terça-feira, dirigida a «líderes de opinião e imprensa da Andaluzia».

Esta foi mais uma iniciativa realizada no âmbito do protocolo de cooperação assinado pelo Algarve e pela Andaluzia para explorar oportunidades de promoção turística entre os dois territórios, projeto que  a RTA considera que «já está a dar resultados», tendo em conta os números.

Na ação levada a cabo esta semana, participaram mais de 100 pessoas, entre associações empresariais, imprensa e entidades oficiais. «Pensada para voltar a mostrar aos espanhóis a oferta turística do Algarve, a iniciativa organizada pela RTA terminou da melhor maneira possível, com um show cooking de gastronomia regional, pelas mãos dos chefs do restaurante Tertúlia Algarvia, e com uma degustação de vinhos do Algarve», revelou a RTA, numa nota de imprensa.

«O mercado espanhol tem estado em franco crescimento no Algarve, evidenciando aumentos nos hóspedes (+26,5 por cento) e nas dormidas (+25,5 por cento) entre janeiro e setembro deste ano, em comparação com o período homólogo. Só nos primeiros nove meses de 2014, a região algarvia recebeu a visita de mais de 249 mil turistas espanhóis, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (INE). E os sevilhanos terão sido responsáveis por cerca de 120 mil pernoitas», acrescentou a mesma entidade.

«Estes números deixam-nos animados e acreditamos que sejam já um reflexo da parceria estabelecida entre a RTA e a Diputación Provincial de Sevilla», considerou o presidente da RTA Desidério Silva.

O responsável máximo pelo Turismo do Algarve considerou, ainda, que «é necessário manter os acordos de cooperação entre o Algarve e a Andaluzia, já que instigam a movimentos turísticos com um impacto económico importante para ambos».

Comentários

pub
pub