Restaurante algarvio São Gabriel recupera estrela Michelin em 2015

O restaurante algarvio São Gabriel, de Almancil, é um dos dois novos estabelecimentos portugueses que consta da restrita lista de […]

Restaurante São GabrielO restaurante algarvio São Gabriel, de Almancil, é um dos dois novos estabelecimentos portugueses que consta da restrita lista de restaurantes com estrela Michelin para 2015.

Além de manter no Guia Vermelho para Portugal e Espanha os restaurantes que lá constavam, em 2014 – quatro do Algarve e um do Alentejo -, Portugal consegue adicionar o restaurante situado na Quinta do Lago, que regressa à lista após um ano de interregno, e o estabelecimento Pedro Lemos, no Porto.

Na próxima edição desta prestigiada publicação, apresentada esta quarta-feira em Marbella, Espanha, o Algarve volta a estar em destaque, por manter dois restaurantes com duas estrelas Michelin: o Ocean, de Armação de Pêra, do austríaco Hans Neuner e o Vila Joya, em Albufeira, de Dieter Koshina, também da Áustria.

Mas “perde” a exclusividade dos estabelecimentos com duas estrelas, em Portugal, já que também o Belcanto, de José Avilez, em Lisboa, passa a merecer esta distinção.

Guia Michelin Portugal e Espanha 2015Uma boa notícia para Portugal, e em dose dupla, já que, além de ter mais um restaurante num segundo patamar de excelência (o Guia Michelin atribui de uma a três estrelas), coloca num grupo muito restrito os portugueses José Avilez e o seu chefe de cozinha David Jesus.

O Guia Michelin 2015 distingue, ainda, 11 restaurantes portugueses com uma estrela. E, destes, três são no Algarve. O restaurantes Henrique Leis, em Almancil, de Henrique Leis e o Willie’s, em Vilamoura, de Willie Wurger, são reconduzidos no guia, enquanto o São Gabriel, com o chefe de cozinha Leonel Pereira, recuperou a estrela que perdeu em 2014.

Uma vitória da nova gerência do estabelecimento, que pegou neste restaurante em 2013. A mudança de proprietário e de chefe de cozinha terão colocado em causa a manutenção da estrela Michelin, em 2014, mas o trabalho desenvolvido parece ter convencido o júri da publicação de que a qualidade se manteve, apesar das alterações, e a emendar a mão.

Também novo no guia é o restaurante Pedro Lemos, no Porto, de Pedro Lemos. Já o restaurante L’And Vineyards, em Montemor-o-Novo, de Miguel Laffan, volta a constar da lista.

Os outros representantes de Portugal no Guia Michelin de 2015 são: Casa da Calçada, de Vítor Matos, em Amarante; Eleven, de Joachim Koerper, em Lisboa; Feitoria, de João Rodrigues, em Lisboa; Fortaleza do Guincho, de Vincent Farges, em Cascais; Il Gallo d’Oro, de Benoît Sinthon, no Funchal; e Yeatman, de Ricardo Costa, em Vila Nova de Gaia.

Comentários

pub
pub