Odemira e Grândola congratulam-se com classificação do Cante Alentejano

As Câmaras Municipais de Odemira e Grândola congratularam-se hoje com a classificação do Cante Alentejano como Património Cultural e Imaterial […]

cante grandolaAs Câmaras Municipais de Odemira e Grândola congratularam-se hoje com a classificação do Cante Alentejano como Património Cultural e Imaterial da Humanidade por parte da UNESCO, decidida esta manhã em Paris.

O Município de Odemira salienta que «o cante está enraizado na cultura do povo alentejano, sendo a sua mais intensa e reconhecida forma de expressão».

No concelho de Odemira, sublinha a autarquia, «existem vários grupos corais que fazem do cante alentejano a sua voz e que têm perpetuado a tradição».

A Câmara Municipal de Grândola, por seu lado «saúda o Cante Alentejano, os seus cantadores e cantadoras, e todos os que contribuíram para que este fosse considerado Património Cultural Imaterial da Humanidade».

«Este é o merecido reconhecimento de uma expressão cultural genuína, símbolo identitário do Alentejo e do seu povo», salienta a autarquia da Vila Morena.

«Este reconhecimento mundial será um importante contributo para a salvaguarda, valorização e dinamização do Cante, e um importante argumento para a qualificação e diferenciação do turismo no Alentejo, e consequente desenvolvimento da economia», conclui o Município de Grândola.

Comentários

pub
pub