Portimão é a capital da Museologia portuguesa (e não só) durante um dia

Portimão vai ser a capital da Museologia portuguesa (e não só) durante um dia. Será amanhã, sexta-feira, 31 de Outubro, […]

Cartaz A3 ICOMPortimão vai ser a capital da Museologia portuguesa (e não só) durante um dia. Será amanhã, sexta-feira, 31 de Outubro, quando o premiado Museu de Portimão receber os Encontros de Outono da Comissão Nacional Portuguesa do Conselho Internacional dos Museus (ICOM Portugal).

Os Encontros contam com 115 inscritos, vindos de Norte a Sul do país, bem como com comunicações e intervenções de alguns dos maiores especialistas portugueses e internacionais sobre o tema em debate este ano: «Museus e Gestão: Novas Pontes para a Sociedade».

Dos participantes estrangeiros, destaca-se o belga Wim de Vos, membro do Conselho Executivo do ICOM internacional e presidente do júri do Prémio Museu Europeu do Ano (EMYA), que falará sobre «Museus: construindo novos sentidos e novas ligações com as comunidades?», e ainda Susana Soto e Karmele Barandiaran, que apresentarão o caso da renovação do Museo San Telmo, em San Sebastián/Donostia, no País Basco (Espanha), na comunicação «San Telmo, um Museu para a sociedade basca, um museu para o território».

Outras comunicações serão apresentadas, no painel da manhã, sobre Museus e Gestão, com moderação de Joana Sousa Monteiro, da direção do ICOM Portugal, por Clara Frayão Camacho, museóloga, Direção-Geral do Património Cultural («Credenciação e Redes de Museus: paradigmas e instruymentos de gestão ao serviço da sociedade?»), e José Pedro Sousa Dias, diretor dos Museus da Universidade de Lisboa («Museus e Coleções Científicas em Portugal: o PRISC e a colaboração à escala nacional para afirmar o seu papel como infraestrutura de investigação»).

Museu de PortimãoÀ tarde, no painel Pontes para a Sociedade, sob moderação de Dália Paulo, da direção do ICOM Portugal e diretora do Museu de Loulé, além da comunicação das duas especialistas bascas, Paulo Costa Pinto, gestor de projetos culturais e de turismo da Comunidade Intermunicipal do Ave, irá falar sobre «Partilhar a identidade – princípios e práticas no território da NUT III Ave», e José Gameiro, diretor científico do Museu de Portimão, falará sobre «Caixa de Primeiros Socorros para os Museus em Tempos de Crise».

A fechar os trabalhos (17h15), haverá uma degustação de conservas portuguesas e vinhos de Portimão, denominada «O Melhor do Nosso Mar», e, às 18h00, a abertura da exposição «Mar Oceano», de fotografia de Sebastião Pernes, seguida de visita guiada ao Museu de Portimão.

José Gameiro, diretor do Museu de Portimão, em declarações ao Sul Informação, sublinhou que esta é a «primeira vez que os Encontros de Outono do ICOM Portugal têm lugar em Portimão», resultando esta iniciativa do facto de «por aqui também haver museus e bem ativos», assim como de dois museólogos algarvios – o próprio Gameiro e ainda Dália Paulo – integrarem pela primeira vez a direção da Comissão Nacional Portuguesa do Conselho Internacional dos Museus.

«Da parte do ICOM POrtugal, há aqui uma aposta numa certa descentralização, procurando ir ao encontro de uma certa distribuição geográfica dos museus».

MUSEO_DE_SAN_TELMO_Y_PLAZA_ZULOAGA«O Museu de Portimão pareceu-nos um local privilegiado para este Encontro, não apenas na perspetiva de descentralização das iniciativas do ICOM Portugal que pretendemos continuar a desenvolver, mas igualmente por ser um museu de reconhecido mérito nacional e internacional e um bom cartão-de-visita do Algarve e da sua museologia», diz a direção desta entidade, na sua página na internet.

E o que se vai, em concreto, debater nestes Encontros?

«Estes Encontros e estas “Novas Pontes para a Sociedade”, que os museus devem construir, estimular e desenvolver, pretendem ser um forte contributo para a reflexão e o debate, sobre os desafios e caminhos plurais sobre o papel dos museus na gestão e valorização dos recursos patrimoniais, científicos e culturais das suas comunidades e igualmente um contributo portador de realismo e esperança para o contexto museológico nacional», explica o ICOM POrtugal.

José Gameiro acrescenta que o objetivo destes Encontros, partindo do tema «Novas Pontes para a Sociedade», é debater «que estratégias? que parcerias? com quem e como? Vamos debater o que se está a fazer na Europa e também em Portugal, onde se caminha para museus que têm uma visão social, que são um fórum das comunidades, precisamente porque garantem o envolvimento das comunidades no museu».

Rosa Silva vai explicar os segredos da empreita - Museu de PortimãoJosé Gameiro adiantou que os Encontros de Outono em Portimão contam com 115 inscrições, das quais cerca de metade provêm do Algarve. Existe também uma representação relevante por parte do Centro do país (Lisboa, Aveiro, Coimbra, Santarém) e do Alentejo, e com menor expressão o Norte, representado pelo Museu Grão Vasco, de Viseu.

Distribuídas por estas regiões, encontram-se inscritas várias instituições, com destaque para os museus. Mas também há várias Universidades e Centros de Estudos e de Investigação, o que se reflete nas categorias profissionais representadas.

Os profissionais dos Museus são na sua maioria técnicos superiores de várias áreas, como a investigação (história, arqueologia, arte, património, antropologia), conservação e restauro, ou serviços educativos e gabinetes de comunicação. Também alguns diretores (cerca de oito) estarão presentes, bem como técnicos auxiliares.

Representado está também um grupo estudantil e docente da Universidade de Évora, Instituto Superior das Ciências do Trabalho e da Empresa, Universidade Nova de Lisboa, Universidade de Coimbra e de vários Centros de Estudo e Investigação.

Inscreveram-se ainda «algumas entidades como gabinetes de design ou arquitetura ou que, embora com percursos independentes dos museus, têm ligação direta através dos vários projetos que partilham e que justificam cada vez mais também a partilha de uma linguagem comum».

Ou seja: estão reunidos bons ingredientes para fazer de Portimão a capital nacional da Museologia.

 

___________________________________________________________________

Entrada livre
Inscrições: icom_encontro2014@cm-portimao.pt| 282 405 230/232
Informações: info@icom-portugal.org
Organização: ICOM Portugal e Museu de Portimão
Apoios: Docapesca; Hotel Júpiter; Amigos do Museu de Portimão; Vinhos Quinta da Penina; Quinta do Morgado da Torre; Herdade dos Pimenteis; Turismo de Portugal, Escola de Hotelaria e Turismo de Portimão

___________________________________________________________________

 

Encontros de Outono
Museus e Gestão: Novas Pontes para a Sociedade
31 de Outubro, Museu de Portimão

Programa

09:00 – Recepção aos participantes
10:00 – Sessão de abertura e boas-vindas
Diretor do Museu de Portimão
Presidente do ICOM Portugal
Diretora Regional de Cultura do Algarve
Diretor-geral do Património Cultural
Vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Portimão

10:30 – Pausa para café

10:45 -12:15 – Painel 1. Museus e Gestão
Moderadora: Joana Sousa Monteiro, direção ICOM Portugal

Museus: Criar Novos Sentidos e Novas Ligações com as Comunidades?
Wim De Vos, conselho executivo do ICOM

Credenciação e Redes de Museus: Paradigmas e Instrumentos de Gestão ao Serviço da Sociedade?
Clara Frayão Camacho, museóloga, Direção-Geral do Património Cultural

Museus e Colecções Científicas em Portugal: o PRISC e a Colaboração à Escala Nacional para Afirmar o Seu Papel como Infraestrutura de Investigação
José Pedro Sousa Dias, director dos Museus da Universidade de Lisboa

12:15 -12:45 Debate

12:45 -14:30 – Pausa para almoço

14:30 -16:30 – Painel 2. Pontes para a Sociedade
Moderadora Dália Paulo, direção ICOM Portugal

San Telmo, um Museu para a Sociedade Basca, um Museu para o Território
Susana Soto, directora do Museu San Telmo, San Sebastian (Espanha)
Karmele Barandiaran, Área de Desenvolvimento e Públicos do Museu San Telmo, San Sebastian

Partilhar a Identidade: Princípios e Práticas no Território da NUT III Ave
Paulo Costa Pinto, gestor de projetos cultura e turismo da Comunidade Intermunicipal do Ave

Caixa de Primeiros Socorros para os Museus em Tempo de Crise
José Gameiro, diretor do Museu de Portimão

16:30 – Debate

17:00 – Conclusões e encerramento

17:15 -18:15 – “O Melhor do Nosso Mar” – Degustação de conservas portuguesas e vinhos de Portimão
Inauguração da exposição Mar Oceano e visita ao Museu de Portimão

Comentários

pub
pub