Olhão reforça recolha de lixo na época alta e apela ao cumprimento de regras

A recolha de lixo na zona ribeirinha de Olhão, onde se situam a maioria dos restaurantes da cidade, está a […]

Mercados-de-OlhãoA recolha de lixo na zona ribeirinha de Olhão, onde se situam a maioria dos restaurantes da cidade, está a ser feita a partir das 03h00, diariamente, desde o princípio do mês, horário que irá manter-se durante o período de verão.

Entre outras medidas, o Município e a AmbiOlhão pretendem que, com o cumprimento das normas em vigor, «a cidade esteja cada vez mais limpa, o que só traz benefícios para os envolvidos».

Todos os resíduos indiferenciados (lixo) provenientes dos estabelecimentos de restauração e bebidas localizados na Avenida 5 de Outubro e circundantes deverão ser depositados nos contentores semi-enterrados da Avenida 5 de Outubro, Rua Dr. Alberto Iria ou Rua da Conserveira.

Estes resíduos não podem ser depositados nos contentores de superfície das ruas adjacentes à avenida, destinados unicamente à deposição de resíduos domésticos.

Relativamente aos resíduos recicláveis (vidro, papel/cartão, embalagens de plástico ou outras), existem várias alternativas, entre elas a deposição nos ecopontos localizados junto aos Mercados ou a adesão ao sistema de recolha seletiva porta-a-porta.

 

Há alternativas para os resíduos recicláveis, entre elas a deposição nos ecopontos localizados junto aos Mercados ou a adesão ao sistema de recolha seletiva porta-a-porta.

 

Neste caso, a recolha diária gratuita é efetuada pela Ambilinha, diretamente nos estabelecimentos comerciais. É necessário efetuar o registo através do telefone 800 300 289, sendo fornecidos contentores e sacos de plástico para a deposição dos resíduos).

«Esta solução é preferencial», defendem a AmbiOlhão e o Município, pois «evita a sobrecarga dos ecopontos e não tem quaisquer encargos para os produtores».

Excecionalmente, para os bares, quando o espaço disponível no interior do estabelecimento não é suficiente para armazenar os resíduos de papel/cartão, vidro e embalagens de um dia para o outro, estes poderão ser colocados junto aos ecopontos dos Mercados, a partir das 03h00, sendo a recolha efetuada diariamente, cerca das 07h00.

Contudo, esta opção implica também o registo no sistema Ambilinha, para que o estabelecimento possa beneficiar gratuitamente do fornecimento de sacos.

Após ter sido efetuado esse registo deverão ser contactados os serviços da Ambiolhão (tel. 289 720003 ou e-mail geral@ambiolhao.pt), a informar de que pretendem passar a depositar os resíduos recicláveis junto aos contentores do Mercado, para que possa existir uma «efetiva articulação entre as entidades intervenientes no processo».

 

A utilização dos contentores da Rua dos Sete Cotovelos prejudica gravemente a qualidade de vida dos moradores daquele local, além do aspeto negativo que dá, contribuindo para a má imagem da cidade

 

A Autarquia e a AmbiOlhão alertam ainda para a atenção que deve ser dada «à deposição desregrada de resíduos», o que tem vindo a ocorrer na Rua dos Sete Cotovelos.

Neste local, estão instalados contentores de superfície que se destinam unicamente à deposição de resíduos domésticos, pela reduzida capacidade e pela falta de espaço para aumentar o número de contentores.

Os resíduos dos estabelecimentos de restauração e bebidas só podem ser depositados nos contendores semi-enterrados da Av. 5 de Outubro, Rua Dr. Alberto Iria e Rua da Conserveira, por serem contentores de grande capacidade, que comportam diariamente as quantidades produzidas nesses estabelecimentos.

A utilização dos contentores da Rua dos Sete Cotovelos, «que tem vindo continuamente a ser feita por alguns estabelecimentos comerciais, conduz à deposição de resíduos fora dos contentores, com a consequente degradação das condições de higiene e salubridade desta zona, sendo uma situação que prejudica gravemente a qualidade de vida dos moradores daquele local, para além do aspeto negativo que dá do mesmo, contribuindo para a má imagem da cidade, que em nada beneficia os referidos estabelecimentos».

Comentários

pub