Angolano Bruno Araújo foi surpresa na Volta a Portugal de Cadetes

Bruno Araújo, jovem atleta de 16 anos que corre pela equipa luso-angolana CC Tavira/Sport Luanda e Benfica, no âmbito do […]

ciclismo2-470x300Bruno Araújo, jovem atleta de 16 anos que corre pela equipa luso-angolana CC Tavira/Sport Luanda e Benfica, no âmbito do protocolo entre as duas formações, terminou no domingo a Volta a Portugal de Cadetes Liberty Seguros na 13ª posição.

A competição decorreu entre os dias 18 e 20 de Julho e adivinhava-se bastante exigente, tendo em linha de conta o perfil das etapas, com relevância para a segunda jornada, que contemplou duas montanhas de primeira categoria, a última instalada na meta, na Serra do Larouco.

Bruno Araújo mostrou-se um excelente trepador, e, nessa seletiva tirada, alcançou a 13ª posição, com 7 minutos e 22 segundos de diferença para o vencedor Daniel Viegas (CC José Maria Nicolau/Vélo Club AnneMosse).

Na terceira e última jornada, foi a vez de João Batista subir à 9ª posição, numa chegada ao sprint, com o mesmo tempo do vencedor Alejandro Chorro (Gandia/Jorge Canet).

Nas contas finais, Bruno Araújo foi o atleta da Equipa CC Tavira/Sport Luanda e Benfica que subiu mais alto na tabela geral, em 13º lugar, a 7 minutos e 33 segundos do triunfante Daniel Viegas.

Para Carlos César Araújo, diretor desportivo do cadete angolano, este resultado “superou as expectativas, já que foi a primeira vez que este corredor participou numa prova fora de Angola, com 130 ciclistas, com um clima adverso, e onde tudo foi novidade”.

Bruno Araújo, estreante em provas internacionais, revela que se sentiu inseguro na primeira etapa: “no primeiro dia senti-me pouco confiante, pois era um ambiente novo para mim, com um pelotão numeroso, e na segunda etapa foi bastante complicado devido à chuva e ao frio, o corpo não está habituado a estas alterações de temperatura”, confidenciou o corredor angolano.

No entanto, a confiança chegou no último dia de corrida, onde Araújo esteve integrado em cinco tentativas de fuga, três das quais iniciadas pelo atleta: “ontem senti-me mais solto, mas ambientado, já conhecia os adversários e já consegui colocar-me melhor no pelotão e lutar pelo melhor resultado”, concluiu.

 

Classificação geral individual final / CC Tavira-Sport Luanda e Benfica:
13º Bruno Araújo (7:33)
20º José Afonso (9:29)
21º Rodrigo de Jesus (9:33)
23º João Batista (11:02)
28º Bruno Faleiro (11:21)
57º Rafael Piedade (20:55)
77º Thomas Constantino (30:00)
89º Diogo Simão (40:30)

Comentários

pub
pub