Francesco Berrettini é o novo cônsul honorário de Itália no Algarve

O empresário Francesco Berrettini, que é o novo cônsul honorário de Itália no Algarve, apresentou-se ontem aos seus compatriotas, ao […]

O empresário Francesco Berrettini, que é o novo cônsul honorário de Itália no Algarve, apresentou-se ontem aos seus compatriotas, ao corpo consular acreditado na região e às autoridades e entidades oficiais, num cocktail no Hotel Alísios, em Albufeira.

A festinha, que teve como palco a varanda aberta para o mar daquele hotel em cima da praia do Inatel, em Albufeira, foi oferecida por Luca Spiniello, chefe da chancelaria consular da Embaixada de Itália em Lisboa. Estiveram presentes italianos residentes no Algarve, cônsules de outros países na região, empresários e ainda o presidente da Região de Turismo do Algarve.

A comunidade italiana a residir no Algarve é, segundo Luca Spiniello, composta por cerca de 400 a 450 pessoas, de várias idades e espalhadas por toda a região. São, na sua maioria, empresários ligados ao mundo da restauração e do turismo.

Alguns dos mais conhecidos são, por exemplo, o empresário Marco Lorenzi, fundador e um dos proprietários do Grupo NoSolo, ou a família Balzer: Alessandro Balzer é o fundador do Grupo Angel Pilot, que se dedica sobretudo à comercialização de jet skis e motos de água, e ainda embarcações de recreio, entre outros negócios. Por seu lado, Marco Balzer é o proprietário da conhecida pizzaria Bulli & Pupe, criada há 20 anos na Praia da Rocha.

Da leva mais recente de italianos no Algarve, há ainda Igor Campedelli, acionista da SAD do Olhanense, empresário italiano na área da cortiça que recentemente resolveu apostar no futebol algarvio.

Aliás, foi na indústria que, no século XIX e XX se destacaram alguns italianos no Algarve, nomeadamente na indústria conserveira.

Diferente é o percurso de Francesco Berrettini, diretor executivo da Inesting, uma inovadora empresa de marketing tecnológico sediada no Algarve, mas presente em todo o mundo.

Atualmente há ainda estudantes de Erasmus italianos na Universidade do Algarve, mas, como não é obrigatório o seu registo, «não sabemos exatamente quantos são», admite o cônsul Francesco Berrettini.

Segundo Luca Spiniello, a presença de estudantes de Erasmus em Portugal é mais forte nas Universidades do Minho (Braga), do Porto e de Lisboa, devido a ligações entre as universidades portuguesas e italianas.

Quanto a turistas, o Algarve não recebe tantos quantos poderia sobretudo devido à falta de mais voos diretos do mercado italiano para o Aeroporto de Faro. O empresário Marco Balzer, presente no cocktail, contou ao Sul Informação que, desde o fim do voo da Ryanair Bergamo/Milão-Faro, a sua mãe, por exemplo, quando viaja para o Algarve tem que ir para Lisboa ou para Sevilha.

Mas é aos turistas, sobretudo aos jovens, que «perdem a cabeça quando cá chegam de férias», segundo as palavras de Luca Spiniello, e por isso perdem documentos e têm outros problemas grandes e pequenos, que o Consulado Honorário de Itália mais apoio dá, na região algarvia.

Vítor Neto, anterior cônsul honorário de Itália, e Elidérico Viegas, cônsul honorário da Polónia

Quanto aos residentes, durante o ano há sempre a necessidade de lhes dar assistência, nomeadamente em questões burocráticas, sendo ainda missão do Consulado promover a economia e a cultura italianas, não só entre a comunidade residente desse país, como entre os algarvios, sempre numa iniciativa do Instituto de Cultura Italiana e da Embaixada de Itália. A Festa do Cinema Italiano, que este ano tem uma extensão em Loulé de 16 a 18 de maio, é um dos exemplos mais fortes.

Francesco Berrettini, que tomou posse no seu novo cargo de Cônsul Honorário a 16 de abril, afirma estar «sempre aberto a apoiar os meus compatriotas». E Luca Spiniello, chefe da chancelaria consular da Embaixada de Itália em Lisboa, faz questão de sublinhar que o trabalho de um Cônsul Honorário é «voluntário», pondo este «a sua força, o seu trabalho, o seu tempo e às vezes até a sua força económica» ao serviço dos seus compatriotas.

O Consulado Honorário de Itália no Algarve situa-se em Albufeira, no Edifício Altis, Rua do Índico, 2ºM (junto ao Continente antigo). Funciona às segundas-feiras das 10 às 13h00 e das 14h30 às 15h30. O seu telefone fixo de contacto é o 289 588094 e o email é consolatoitalgarve@mail.telepac.pt.

Há ainda um telemóvel de contacto para emergências, ligado diretamente à Embaixada de Itália em Lisboa, que é o 919523500 (disponível todos os dias das 18h00 às 22h00, e aos sábados, domingos e feriados durante toda a noite).

Comentários

pub