Águas do Algarve mostrou as ETAR de Faro ao edil Rogério Bacalhau

O presidente da Câmara de Faro Rogério Bacalhau visitou na passada sexta-feira as Estações de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) […]

O presidente da Câmara de Faro Rogério Bacalhau visitou na passada sexta-feira as Estações de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) de Faro Nascente e Faro Noroeste, a convite da Águas do Algarve.

Uma iniciativa da empresa pública multimunicipal cujo objetivo foi «dar a conhecer as instalações de ambas as ETAR, e o modo de funcionamento destas, bem como o esclarecimento para algumas questões que foram colocadas pelo edil farense».

Há cerca de duas semanas, a associação ambientalista Quercus veio a público exigir a construção de uma nova ETAR que sirva Faro e Olhão e permita desativar as estações denominadas «Faro Nascente» e «Olhão Poente», que consideram como grandes focos de poluição da Ria Formosa.

A Águas do Algarve revelou ao nosso jornal que está já a trabalhar no processo da nova ETAR e que esta poderá estar pronta até final de 2017, caso tudo decorra como está previsto.

Todos os esclarecimentos pedidos por Rogério bacalhau terão sido prestado de viva voz ao autarca farense, pela Administradora da Águas do Algarve Isabel Soares, que, com os Diretores Joaquim Freire e João de Sousa e vários técnicos que laboram nestas instalações, acompanhou a visita.

A polémica é relativa a Faro e Olhão, mas as visitas de autarcas a ETAR da região não se limitará a estes dois concelhos, garantiu a empresa pública.

«Considerando as excelentes relações existentes entre a empresa e todos os nossos acionistas e clientes [as autarquias algarvias], e de forma a promover um melhor conhecimento acerca daquilo que a empresa está a realizar no Algarve, com o consequente investimento já realizado de várias centenas de milhões de euros, estamos a promover visitas com todos os municípios da região às nossas infraestruturas (água e saneamento)», anunciou.

Comentários

pub
pub