Silves volta a ajudar a montar candidaturas a programa de arrendamento «Porta 65 Jovem»

A última fase de candidaturas ao programa de incentivo ao arrendamento por jovens «Porta 65 Jovem» vai estar aberta de […]

A última fase de candidaturas ao programa de incentivo ao arrendamento por jovens «Porta 65 Jovem» vai estar aberta de 26 de dezembro de 2013 a 15 de janeiro de 2014. A Câmara de Silves, através do seu Sector de Juventude, colocou-se ao dispor dos munícipes interessados, no sentido de os apoiar a montar a sua candidatura.

Todos os jovens com idades entre os 18 e os 30 anos (até 31, quando jovem casal), interessados em candidatar-se a este programa ou interessados em renovar a sua candidatura (referente ao período de candidaturas de abril de 2012), poderão proceder à marcação prévia de um atendimento para apoio ao preenchimento da sua candidatura, através do telefone 282 440 270 ou através do e-mail juventude@cm-silves.pt. Outra alternativa é dirigir-se ao Sector de Juventude, sito nas Piscinas Municipais de Silves, todos os dias úteis, no horário compreendido entre as 9 e as 12 horas e as 13 e as 17 horas.

A autarquia tem vindo a dar apoio a jovens silvenses e ajudou a montar algumas candidaturas de sucesso. «Recordamos que, no decurso do 3º período de Candidaturas deste ano, decorrido entre 17 de setembro e 3 de outubro, foram submetidas 11 candidaturas com o apoio da autarquia, das quais oito foram aprovadas e três não foram aprovadas. O motivo da não aprovação das candidaturas por parte do IHRU prendeu-se com o facto de existirem inconformidades, nomeadamente a não prestação de esclarecimentos pelos candidatos, quando solicitados para tal», revelou a Câmara de Silves, numa nota de imprensa.

O programa «Porta 65 Jovem» é nacional e, em Silves, tem sido dinamizado pela autarquia de há anos a esta parte, «dando cumprimento aos objetivos definidos para o Sector de Juventude, no âmbito do desenvolvimento ativo do seu Eixo de Intervenção Estratégico – Habitação».

Com o objetivo de melhor avaliar a qualidade deste apoio, foi aplicado um inquérito a todos os que o procuraram durante a 3ª fase (11 pessoas). Um inquérito que revelou que a larga maioria dos inquiridos (9 em 11) se considera «muito satisfeito» com o apoio prestado pelos serviços do Município, sendo que os restantes dois se consideram satisfeitos.

«Dez dos utentes revelaram estar muito satisfeitos com o grau de empenhamento dos técnicos que acompanharam estes processos. Aliás, como aspetos positivos a tomar em consideração apontaram a existência deste apoio técnico, salientando que os técnicos que o prestam são acessíveis e promovem um bom atendimento. No que concerne à importância deste programa, também a maioria dos inquiridos revela que ele contribui decisivamente para a sua autonomia/independência financeira (10 inquiridos), para a melhoria das condições de habitação (10 inquiridos) e emancipação (nove inquiridos», acrescentou a autarquia.

Os documentos obrigatórios, para se poder fazer a candidatura, são: Senha online das Finanças (uma por cada elemento candidato), solicitada previamente em www.e-finacas.gov.pt; IRS do ano transato (2012);Declaração de Prestações Compensatórias ou outros subsídios não tributáveis (Subsídio de maternidade, Subsídio de Paternidade, RSI ou Subsídio de Desemprego), referente ao ano de 2012 (de 1 de Janeiro a 31 de Dezembro), a solicitar previamente na Segurança Social da área de residência; Contrato de arrendamento, onde deverá constar a fração e artigo da habitação, ou em alternativa um Contrato-Promessa de arrendamento; Recibo de renda do próprio mês ou referente ao mês anterior; Documentos de identificação de todos os elementos do agregado familiar (incluindo menores), nomeadamente Cartão de Cidadão ou Bilhete de Identidade, Número de Identificação Fiscal e Número de Segurança Social; IRS dos ascendentes (opcional), caso os rendimentos dos ascendentes não sejam muito altos, os candidatos recebem maior pontuação na candidatura e a possibilidade acrescida de receber o apoio supracitado.

Os candidatos também terão de disponibilizar uma conta de email e o NIB de uma conta bancária, a utilizar para efeitos de pagamento.

Comentários

pub