Já foram servidos 45 mil petiscos até meio da Rota

Perto de 45.000 petiscos (uma média de 2.700 petiscos/dia) já foram servidos até agora na Rota do Petisco nos 70 […]

Perto de 45.000 petiscos (uma média de 2.700 petiscos/dia) já foram servidos até agora na Rota do Petisco nos 70 estabelecimentos aderentes, o que corresponde a um volume de negócio direto na ordem dos 110.000 euros, anuncia a associação Teia d’Impulsos, que promove esta iniciativa.

Segundo a associação, «a meio da Rota do Petisco 2013, os números disponibilizados superam as melhores expetativas. Faltando ainda mais de duas semanas para o termo da Rota, o número de ementas servidas já ultrapassa os totais da edição anterior».

Milhares já aderiram à Rota. E nem é preciso olhar para os números. Quem circula pelas ruas de Portimão, Alvor e Ferragudo só dificilmente não encontra petiscadores de passaporte na mão e muito apetite de iguarias e animação.

São petiscadores de todas as idades, em grupo ou a sós, que rumam de estabelecimento em estabelecimento à procura da sua Rota. Pelo caminho, de forma mais ou menos espontânea, deparam-se com a animação cultural que, este ano, tem invadido as ruas, entre música, poesia, workshops e provas de vinho. À medida de todos os gostos.

Neste momento, os «Passaportes já começam a escassear, reflexo da massiva adesão à Rota do Petisco».
Assim, segundo Nuno Vieira, presidente da Teia d’Impulsos, «a vertente inaugurada nesta edição, a Rota Solidária, pauta-se igualmente pelo sucesso. Os petiscadores não esqueceram o lado solidário do evento e têm generosamente contribuído para as três instituições apoiadas pela Rota do Petisco».

 

Poesia. Vinhos, teatro e cocktails no caminho da Rota

 

Quem ainda não fez esta Rota não deve perder tempo. Tem ainda mais de duas semanas para desfrutar dos petiscos, e não só.

Aliás, este fim-de-semana a programação cultural da Rota do Petisco promete. Sexta-feira o convite é para ir até Ferragudo. Porquê? Há três motivos: poesia itinerante com o grupo Ensopado de Letras, workshop de vinhos na Casa Grande e, depois, mais uma Festa da Rota.

Como a noite vai ser longa, aproveite a manhã de sábado para descansar. Tem de ganhar forças para um Percurso Teatral por Ferragudo, entre património, gastronomia e expressão dramática.

No sábado, à noite, já em Portimão, poderá aprender a fazer os seus próprios cocktails no Clube União, num workshop organizado pela Associação Barman Barlavento Algarve.

Antes, às 21h00, é convidado a escolher entre a poesia em Alvor e a música no Largo da Barca em Portimão, com a atuação do Grupo Coral de Portimão no restaurante Forte e Feio.

Um último conselho: quando sair para a Rota, não se esqueça de levar a sua máquina fotográfica. Entre petiscos, exercite a sua criatividade, registando em imagem os momentos mais inesquecíveis da Rota.

Depois, envie as suas melhores fotos e participe na Rota das Imagens. O regulamento e os prémios a que se poderá habilitar encontram-se discriminados no website www.rotadopetisco.com, onde poderá encontrar tudo sobre a Rota do Petisco 2013.

Mais informações acerca desta e doutras iniciativas da associação Teia D’Impulsos em www.teiadimpulsos.pt ou através do e-mail teiadimpulsos@gmail.com.

Comentários

pub