Quatro dos 20 projetos aprovados pelo POCTEP envolvem Eurorregião Alentejo-Algarve-Andaluzia

Quatro dos 20 projetos de cooperação aprovados pelo Comité de Gestão do Programa Operacional de Cooperação Transfronteiriça Espanha-Portugal (POCTEP) 2007-2013 […]

Quatro dos 20 projetos de cooperação aprovados pelo Comité de Gestão do Programa Operacional de Cooperação Transfronteiriça Espanha-Portugal (POCTEP) 2007-2013 foram candidatados por entidades da Eurorregião Alentejo-Algarve-Andaluzia (EUROAAA.

Os 20 projetos de cooperação apresentados no âmbito da Terceira Convocatória do Programa, aprovados entre um total de 104 candidaturas, representam um investimento total ao longo da fronteira de 21 milhões de euros, com uma contribuição FEDER de 15,7 milhões.

Dos 20 projetos aprovados, doze são do Eixo 1 (Fomento da Competitividade e Promoção do Emprego) e oito do Eixo 2 (Ambiente, Património e Prevenção de Riscos).

Os quatro projetos da Eurorregião Alentejo-Algarve-Andaluzia (EUROAAA são:

GERITRANSA: Gestão de Riscos Transfronteiriços – pretende desenvolver ações destinadas a estabelecer uma base de conhecimento mútuo e comunicações eficazes para fazer frente a contingências sanitárias criadas por catástrofes ambientais, incidentes com múltiplas vítimas e alertas de saúde.

Este projeto é coordenado pela Empresa Pública de Emergências Sanitárias da Junta da Andaluzia e tem parceria com o INEM.

ODYSSEA: Desenvolvimento e Dinamização dos recursos Náuticos e Fluviais – pretende implementar um modelo europeu inovador de desenvolvimento territorial socioeconómico entre os atores locais públicos e privados para melhor valorizar e dinamizar os recursos turísticos, náuticos, culturais e o património das cidades portuárias e fluviais.

As entidades parceiras são a Consejeria do Turismo e comércio da Junta da Andaluzia (Coordenador do projecto), e as Câmaras de Grândola e de Silves.

RUTA CECE: Rota de Cooperação Territorial e de Comércio Eletrónico – pretende incentivar a plena integração das empresas da Sociedade da informação (SI) de ambos os lados da fronteira, promovendo o incremento do tecido empresarial diversificado e sustentável através de uma estreita colaboração transfronteiriça e impulsionando o cooperativismo Algarve-Huelva como medida de demonstração efetiva para o aproveitamento de sinergias, oportunidades de negócio, criação de emprego e o associativismo como via de crescimento económico sustentado e sustentável.

A entidade coordenadora deste projeto é a Câmara Municipal de Palma del Condado, em parceria com as Câmaras de Ayamonte, Lepe, Faro e as Associações UATAE, MITA ONG e a CEAL.

TRADE II: Sistema de Observação INTERREG RADAR para Proteção do Meio Ambiente – pretende dotar a região de uma infraestrutura tecnológica de prevenção dos riscos existentes e ao mesmo tempo melhorar de forma substancial a gestão do litoral, na prevenção destes riscos e também na distribuição de informação sobre o estado do mar em tempo real ao cidadão comum, de forma semelhante à da distribuição da previsão meteorológica, sendo esta de interesse para a navegação de recreio, pesca e segurança balnear.

É um projeto coordenado pelo Instituto Hidrográfico Português e tem parceria com a Agencia de Portos da Junta da Andaluzia.

Maia informação e listagens em: www.poctep.eu e em www.euroaaa.eu

Comentários

pub
pub