Cineclube de Faro promove ciclo «Liberdade Cigana»

«Gadjo Dilo» é o filme que abre esta quarta-feira, dia 7, em Faro, o ciclo «Liberdade Cigana», composto por quatro […]

«Gadjo Dilo» é o filme que abre esta quarta-feira, dia 7, em Faro, o ciclo «Liberdade Cigana», composto por quatro filmes do realizador francês Tony Gatlif.

O ciclo é promovido pelo Cineclube de Faro e terá sessões todas as quartas-feiras de agosto, às 22h15, na Sociedade Recreativa Artística Farense (Os Artistas).

«Liberdade Cigana» começa com «Gadjo Dilo», filme de 1997, seguindo-se, no dia 14, «Je suis né d’une Cigogne», de 1999, «Vengo», do ano 2000, no dia 21, e finalmente «Transylvania», de 2003, no dia 28.

Todos os filmes têm legendas em português, à exceção de «Vengo», que é legendado em inglês.

A entrada é livre.

O tema principal do cinema do realizador é o povo cigano. «Toda a minha arte é de intervenção; não faria cinema se assim não fosse. Por intervenção quero dizer pelo povo, pela justiça, contra a injustiça. É preciso combater contra os estereótipos. Só conhecendo o povo de dentro — como eu conheço — isso é possível», diz Gatliff.

Comentários

pub
pub