Forças policiais detiveram 14 pessoas em operação conjunta realizada no sábado

Várias detenções e muitas multas resultaram de uma operação coordenada, envolvendo várias forças policiais do Algarve, que decorreu no passado […]

Várias detenções e muitas multas resultaram de uma operação coordenada, envolvendo várias forças policiais do Algarve, que decorreu no passado sábado em dois locais distintos da região, sob monitorização da Guarda Nacional Republicana (GNR) e da Polícia de Segurança Pública (PSP).

Esta foi «uma operação de fiscalização de grande envergadura no âmbito da prevenção da criminalidade violenta e grave» da Equipa Mista de Prevenção Criminal para o Região do Algarve, revelou a GNR, num comunicado.

As duas operações de sábado tiveram âmbitos e lideranças distintas, com a GNR a fazer ações de fiscalização rodoviária em Albufeira e a PSP a fiscalizar estabelecimentos de diversão noturna em Portimão.

Na ação que promoveu na EN 125, a GNR fiscalizou 382 condutores, deteve «11 cidadãos por condução de veículo automóvel sob influência do álcool e um por posse ilegal de arma, tendo ainda sido constituído arguido um cidadão por processo pendente».

«Foram ainda elaborados 102 autos de contra-ordenação à legislação rodoviária e notificados seis cidadãos estrangeiros para abandonar voluntariamente o território nacional», disse a GNR.

Em Portimão, a PSP fiscalizou 12 estabelecimentos comerciais e deteve «três cidadãos, um por posse de arma proibida e dois por sobre eles pender mandado de detenção judicial, tendo ainda sido apreendido um bastão de madeira e produto estupefaciente suficiente para 48 doses individuais de haxixe e 12 de cocaína».

«Foram ainda elaborados três autos de contra-ordenação policial e notificada uma cidadã estrangeira para abandonar voluntariamente o território nacional», acrescentou a mesma força policial.

«A ação, que teve como principal objetivo prevenir todas as formas de criminalidade grave suscetíveis de afetar a integridade física, moral, patrimonial e o sentimento de insegurança das populações no Algarve», explicou o Comando de Faro da GNR, uma das forças que integra a Equipa Mista, à semelhança da PSP, Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, Serviço de Informações e Segurança, PJ e Polícia Marítima.

Comentários

pub
pub