Ricardo Arroja comenta as contas da economia portuguesa em mais um «Sarau Instável»

O economista e comentador televisivo Ricardo Arroja vai estar em Silves, no dia 31 de maio, às 21h00, para falar […]

O economista e comentador televisivo Ricardo Arroja vai estar em Silves, no dia 31 de maio, às 21h00, para falar da temática “As contas politicamente incorretas da economia portuguesa”. Este é, também, o título da sua última obra, que será apresentada pelo autor em mais um Sarau Instável, da Biblioteca Municipal de Silves.

Com prefácio de Vítor Bento, nesta publicação Ricardo Arroja dá ao leitor uma visão histórica, atual e politicamente incorreta sobre as causas da crise e os verdadeiros desafios do presente, passando por inúmeras temáticas como o desemprego e o desinvestimento, a dívida e o pagamento, a educação e a segurança social, os caminhos para o futuro, entre outras.

Ricardo Arroja nasceu no Porto em 1978. Depois de uma infância passada no Canadá, regressou em 1986 à sua cidade natal, onde se licenciou em Gestão pela Faculdade de Economia da Universidade do Porto.

Iniciou a sua atividade profissional no sector financeiro em 2000, como gestor de carteiras de investimento e como especialista em assuntos de macroeconomia no Grupo Pedro Arroja. Desde 2009 é, também, professor assistente no Instituto de Estudos Superiores Financeiros e Fiscais.

Para além da sua presença frequente na RTP, é colunista regular no Vida Económica e no Diário Económico e escreve nos blogues “Portugal Contemporâneo” e “O Insurgente”.

De referir que este Sarau Instável é o último de um ciclo de três sessões dedicado a grandes temas da atualidade nacional, iniciado a 1 de fevereiro deste ano com o debate sobre Corrupção, Transparência e Integridade, com os membros da TIAC, seguido pela temática do Estado Social em Portugal, comentada por Raquel Varela a 28 de abril, e que pretenderam fornecer ao público em geral informação rigorosa e acessível sobre os temas em causa e estimular o desenvolvimento do seu espírito crítico e a adoção de uma atitude cívica responsável e consciente face à presente realidade socioeconómica.

O telefone 282 442 112 e o endereço de correio eletrónico biblioteca@cm-silves.pt são os contactos da Biblioteca Municipal de Silves disponíveis para o esclarecimento de informação adicional sobre esta rúbrica.

A entrada é livre.

Comentários

pub