Turistas alemães vão ter «boa performance» no Algarve em 2013

O «mercado alemão irá registar uma boa performance para o Algarve em 2013», espera a Associação Turismo do Algarve (ATA), […]

O «mercado alemão irá registar uma boa performance para o Algarve em 2013», espera a Associação Turismo do Algarve (ATA), traduzindo a opinião dos profissionais do setor, após a participação na feira de turismo Alemã, ITB, em Berlim.

Na capital alemã, a ATA divulgou a região no stand de Portugal, com um módulo de destino e onde estiveram igualmente presentes 12 empresas associadas.

Ao longo dos dias, tiveram lugar variadas reuniões de trabalho com operadores turísticos alemães, bem como de outros países emissores de turistas para o Algarve, tendo sido abordados assuntos relacionados com as perspetivas de reservas para o verão e discutida a necessidade de se alargar as operações durante o período de inverno e nalguns casos de iniciar novas operações.

As reuniões estenderam-se igualmente a vários empresários do setor, tendo o objetivo sido procurar incrementar ações conjuntas em parceria com o Turismo do Algarve e o Turismo de Portugal.

Em paralelo, o presidente da ATA Desidério Silva foi solicitado para uma série de entrevistas a rádios locais, revistas da especialidade e diversos outros meios de comunicação que estiveram presentes no certame.

Nestas declarações, Desidério Silva procurou focar a sua intervenção na questão da sazonalidade durante o inverno, época em que este efeito se faz sentir de forma mais significativa na região, alertando os operadores para a necessidade de alargarem as suas operações de inverno aos meses de Outubro a Março.

Desidério Silva reuniu-se ainda com o embaixador de Portugal na Alemanha, Luis de Almeida Sampaio, tendo mais uma vez verificado a disponibilidade da Embaixada e dos seus Serviços para a organização de iniciativas promovidas pelo Turismo do Algarve na Alemanha.

Por último, o presidente aproveitou a presença em Berlim do secretário de Estado do Turismo Adolfo Mesquita Nunes, para reforçar a importância do Algarve no contexto do Turismo nacional, assim como das ações de promoção e comercialização da Região nos mercados internacionais, sensibilizando para uma intervenção mais forte no sentido de se trabalhar de forma conjunta para a atenuar a sazonalidade da Região.

Comentários

pub