Pedro Abrunhosa e muito mais assinalam quatro anos do Auditório de Olhão

Pedro Abrunhosa foi a “estrela” do quarto aniversário do Auditório Municipal de Olhão, que se celebrou na passada sexta-feira com […]

Pedro Abrunhosa foi a “estrela” do quarto aniversário do Auditório Municipal de Olhão, que se celebrou na passada sexta-feira com diversas atividades.

Entre as 18 e as 2 horas a Câmara de Olhão assinalou a ocasião com a música do conhecido cantautor português, mas também com dança hip-hop, um Tinto de Honra que contou com a colaboração do projeto Cook’In Portugal e um café-concerto pela noite dentro, pela banda M90.

«Pedro Abrunhosa surgiu no palco do Auditório Municipal de Olhão disposto a ‘dar-se’ ao público, o que fez durante todo o concerto, que apelidou de ‘aberto’. E, como tal, não faltou intervenção da assistência, tanto marcando presença no palco para cantar e dançar ao lado do seu ídolo, como na plateia, onde todos também se sentiram parte do espetáculo», descreveu a Câmara de Olhão, numa nota de imprensa.

À atuação do músico luso, que se apresentou em Olhão no âmbito da digressão «Canções», seguiu-se a atuação dos M90 no bar do Auditório, onde antes já se haviam realizado «Monólogos para Teatro» com os quatro jovens atores Vanessa Caravela, Melissa Simplício, William Morais e André Gonçalves.

«Os estagiários da Casa da Juventude do Curso Profissional de Artes do Espetáculo da Escola Pinheiro e Rosa mostraram que têm um futuro promissor, com o público presente a aplaudir de forma entusiasta as suas bem conseguidas intervenções», considerou a autarquia.

Antes do concerto de Pedro Abrunhosa, o grupo olhanense Stand-Up dançou Hip-Hop, atuação que abriu o apetito para o Tinto de Honra, também ele com forte componente olhanense, já que dois dos três membros do projeto Cook’In Portugal são olhanenses.

Vários acepipes à base de cavala e mexilhão, bem como doces cozinhados por elementos do curso de empregados de mesa da Escola EB 2,3 João da Rosa animaram o paladar dos convidados.

«Durante estes momentos de descontração, a música esteve a cargo de Ruben Alves (saxofone e piano), Magali Guerreiro (guitarra e voz) e Ricardo Ribeiro (voz)», acrescentou a Câmara de Olhão.

Comentários

pub
pub