Passageiros e receitas aumentaram nos transportes de Loulé em 2011 e 2012

O número de utentes e as receitas nos transportes urbanos públicos de Loulé e Quarteira aumentaram em 2011 e 2012, […]

O número de utentes e as receitas nos transportes urbanos públicos de Loulé e Quarteira aumentaram em 2011 e 2012, no seguimento da reestruturação que a Câmara de Loulé operou no funcionamento do serviço, anunciou esta terça-feira a autarquia.

«Em relação ao número de passageiros transportados, em termos globais (Loulé e Quarteira), verificou-se em 2011, comparativamente com o ano de 2010, um aumento de 28 por cento, passando de 96.626 para 123.254 pessoas transportadas. Em 2012 o número total de passageiros atingiu os 162.891, ou seja, uma média de 570 passageiros por dia, o que representa um aumento de 32 por cento em relação ao ano anterior. No último ano (2012) os transportes urbanos transportaram 124.659 utentes na cidade de Loulé e 38.232 na cidade de Quarteira», revelou a Câmara de Loulé numa nota de imprensa.

«Ao nível das receitas, comparativamente com os dados do ano anterior, em 2011 registou-se um aumento de 22 por cento e em 2012 um aumento de 25 por cento. Apesar do significativo aumento da receita, este serviço é significativamente deficitário, pelo que é oportuno destacar o enorme esforço financeiro que a Autarquia faz para manter este serviço com um baixo tarifário para os utentes, sendo evidente que esta é uma forma de apoiar as pessoas de menores rendimentos», acrescentou a autarquia.

No Município de Loulé existem Transportes Urbanos (TUL) nas cidades de Loulé e de Quarteira, as zonas urbanas mais populosas.

Na cidade de Loulé o serviço é assegurado através de dois autocarros e em Quarteira com um autocarro, os quais percorrem circuitos definidos com o objetivo de facilitar a mobilidade dos cidadãos de e para as suas residências, mas tendo em conta a ligação aos principais equipamentos, nomeadamente os estabelecimentos de ensino, os centros de saúde, as infraestruturas desportivas e sociais e, naturalmente, o centro das cidades, onde se concentram os principais serviços de interesse geral.

As viaturas ao serviço dos TUL são autocarros da marca Mercedes-Benz, que cumprem as normas ambientais Euro 5, com a lotação, para além do motorista, de 15 lugares sentados, 10 lugares em pé e 1 cadeira de rodas.

«Uma das grandes preocupações, ao definir os circuitos, foi tentar assegurar a proximidade das paragens aos cidadãos, colocando as mesmas por forma a que num raio de 200 metros se obtivesse a maior cobertura possível de toda a área urbana», explicou a Câmara de Loulé.

A reestruturação levada a cabo em 2011 permitiu não só melhorar a abrangência dos circuitos, mas também diminuir a frequência de passagem para uma média de 20 em 20 minutos em Loulé e de 30 em 30 minutos em Quarteira, «com exceção de alguns períodos do dia em que por razões técnicas tem de haver um intervalo maior». 

Comentários

pub
pub