Novos produtos para o Algarve apresentados no fecho do projeto CREAMED

Produtos a ser desenvolvidos no Algarve criados no âmbito do projeto europeu CREAMED, que em Portugal teve como parceiro a […]

Produtos a ser desenvolvidos no Algarve criados no âmbito do projeto europeu CREAMED, que em Portugal teve como parceiro a APGICO – Associação Portuguesa de Criatividade e Inovação, foram apresentados na terça-feira, em Faro, na sessão de encerramento regional do projeto.

A Faculdade de Economia da Universidade do Algarve acolheu especialistas e empreendedores que tiveram oportunidade de conhecer as atividades e os resultados da iniciativa.

O programa da sessão de encerramento contou ainda com um seminário dedicado ao tema «Novos Produtos para o Algarve» cujo objetivo era fazer uma análise prospetiva de continuidade do CREAMED, projeto financiado pela União Europeia através do MED – Programa de Cooperação Transnacional para o Mediterrâneo 2007-2013.

«Os especialistas convidados, além de opinarem sobre os novos produtos apresentados, sugeriram soluções e entidades que pudessem participar no seu desenvolvimento. Já os jovens empreendedores disponibilizaram-se a contribuir com o seu know-how para a execução desses projetos», revelou a organização.

A APGICO, um dos onze parceiros de oito países do CREAMED, teve a colaboração do núcleo regional da ANJE – Associação Nacional de Jovens Empresários na promoção deste evento.

O seminário contou com a participação de Fernando de Sousa, da APGICO, bem como de um painel de especialistas composto por Paulo Bernardo, da ANJE Algarve, Rui Cabral e Silva, da Faculdade de Ciências e Tecnologia da UAlg, e Castelão Rodrigues, ex-diretor regional de Agricultura.

Estiveram igualmente presentes representantes de duas empresas que apresentaram novos produtos nas áreas do mar e da agroalimentar, designadamente Luís Salas, gestor de Projeto da Necton, e Humberto Teixeira, diretor-geral do Grupo Hubel. Também participaram na sessão jovens empreendedores com projetos nesses domínios de atividade.

 

Comentários

pub
pub